CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

Participe do nosso aniversário!

  • O aniversário é nosso, mas o presente é seu. Confira as ofertas:
  • Inscreva-se com 40% de desconto no plano anual;
  • Oportunidade de assinatura vitalícia. Um único pagamento para estudar conosco para sempre.
Assine agora
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Conteúdo exclusivo para alunos
Assistir à aula
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Inquisição

Julgamentos famosos da Inquisição

Em meio a tantos números e estatísticas, personagens emblemáticas também foram investigadas pela Inquisição. Foram os casos de Galileu Galilei, Giordano Bruno, Padre António Vieira e até mesmo de uma mulher canonizada pela Igreja: Santa Joana d'Arc.

Como decorreu o julgamento dessas pessoas e por que suas imagens foram parar nas páginas de história, é o que veremos nesta aula de nosso curso sobre a Inquisição.

66

Em meio a uma infinidade de números e estatísticas, personagens emblemáticas também foram investigadas pela Inquisição. Foram os casos de Santa Joana d'Arc († 1431), Giordano Bruno († 1600), Galileu Galilei († 1642) e do português pe. António Vieira († 1697).

A donzela de Orléans. – Joana d'Arc foi escolhida por Deus para desempenhar o papel de verdadeira protagonista na famosa Guerra dos Cem Anos (1337-1453), que se deu entre Inglaterra e França. Em questão estavam o domínio de alguns territórios gálicos e a sucessão do trono real francês.

Ainda adolescente, Joana recebe de São Miguel Arcanjo a missão de liderar as tropas dos Armagnac contra os ingleses e os Bourguignons, e de conduzir o filho de Carlos VI e legítimo herdeiro do trono à coroa real. Diante do jovem príncipe – o qual ela teria prodigiosamente reconhecido, não obstante o seu disfarce –, Joana manifesta o seu mandato divino. Depois de interrogada pelos teólogos da corte e comprovadas a sua fé e idoneidade, o Delfim francês decide confiar na donzela.

Portando armadura de soldado – que a afasta do assédio masculino e a ajuda a guardar a sua castidade –, Joana guia o exército francês até a...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos