A seguinte novena da Anunciação, a ser rezada de 16 a 24 de março, foi extraída de um manual antigo de orações [i] e traduzida para a língua portuguesa por nossa equipe.


Oração preparatória (todos os dias). — Vinde, Espírito Santo, enchei o coração dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor.

℣. Enviai o vosso Espírito, e tudo será criado.
℟. E renovareis a face da terra.

Oremos. Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, concedei-nos amar, no mesmo Espírito, o que é reto e gozar sempre a sua consolação. Por Cristo, Senhor nosso. ℟. Amém.

Orações para cada um dos dias:

“A Anunciação”, de Murillo.

I. Eu vos venero e admiro, Santíssima Virgem Maria, como à mais humilde de todas as criaturas diante de Deus, no exato momento em que, no dia da Anunciação, fostes por Ele exaltada à sublime dignidade de sua Mãe! Ó grande Virgem, fazei-me, miserável pecador, reconhecer o nada que sou e humilhar-me de coração perante todos. — Reza-se uma Ave Maria.

II. Ó santíssima Virgem Maria, que, saudada e visitada pelo Arcanjo Gabriel, exaltada por Deus acima de todos os coros angélicos, vos confessastes serva do Senhor: Ecce ancilla Domini, “Eis a serva do Senhor”: alcançai-me uma verdadeira humildade e uma pureza verdadeiramente angélica, fazendo-me levar uma vida sempre digna das bênçãos de Deus. — Ave Maria.

III. Alegro-me convosco, ó Virgem beatíssima, que com um só fiat (“Faça-se [em mim segundo a vossa palavra]”), por vós proferido com tanta humildade, do seio do Pai Eterno trouxestes ao vosso seio o Verbo divino. Trazei-me sempre a Deus ao coração e, com Ele no coração, a graça, para que eu possa bendizer sempre o vosso fiat, exclamando com devoção: “Oh, fiat potente! oh, fiat eficaz! oh, fiat mais que todos venerável!” (Santo Tomás de Vilanova) [ii]. — Ave Maria.

IV. Ó grande Virgem Maria, a quem, no dia da Anunciação, encontrou o Arcanjo Gabriel pronta e bem disposta à vontade de Deus e aos desejos de toda a augustíssima Trindade, que queria o vosso consentimento para redimir o mundo: fazei que, em todo encontro com Deus, favorável ou doloroso, eu diga sempre com resignação: Fiat, fiat mihi secundum verbum tuum, “Faça-se, faça-se em mim segundo a vossa palavra”. — Ave Maria.

V. Bem sei, ó Maria Santíssima, que a vossa obediência vos uniu tão estreitamente a Deus, que já não é possível união tão bela com outra criatura: “Estar mais unido a Deus, sem tornar-se Deus, não é possível” (Santo Alberto Magno) [iii]; mas confundo-me ao ver-me separado de Deus pelos meus pecados. Ajudai-me, ó Mãe benigna, a arrepender-me sinceramente, a fim de unir-me outra vez ao vosso amado Jesus. — Ave Maria.

VI. Se vós, ó Maria Santíssima, por vossa modéstia, vos perturbastes com a presença do Arcanjo São Gabriel em vossa casa, encho-me eu de pavor, por minha grande soberba, ao apresentar-me diante de vós; também por vossa incomparável humildade, “que trouxe Deus aos homens, abriu o paraíso e do inferno libertou as almas” (Santo Agostinho, Serm. de Sanct.) [iv], eu vos imploro me tireis das profundezas de minhas culpas, e que assim eu seja salvo. — Ave Maria.

VII. Embora tenha a língua impura, ó Virgem puríssima, desejo-vos saudar a todo momento com as palavras: Ave, ave gratia plena, “Ave, ave, cheia de graça”, e de coração vos suplico que participeis à minha alma um pouco daquela abundância de graça de que, ao cobrir-vos com a sua sombra, vos encheu o Espírito Santo. — Ave Maria.

VIII. Creio, ó Maria Santíssima, que Deus, que esteve sempre convosco desde a vossa Conceição — Dominus tecum, “O Senhor é convosco” —, está agora ainda mais unido a vós pela Encarnação em vosso seio puríssimo; e vos suplico me façais estar sempre sinceramente unido ao meu amado Senhor Jesus por meio da graça santificante. — Ave Maria.

IX. Abençoai-me o coração, abençoai-me a alma, ó Santíssima Virgem Maria, assim como fostes sempre abençoada por Deus com todos os dons — Benedicta tu in mulieribus, “Bendita sois vós entre as mulheres” —, enquanto espero confiante que, se vós me abençoardes, minha querida Mãe, já nesta vida, serei ainda mais bendito depois da morte por toda a eternidade na glória. — Ave Maria.

“A Anunciação”, por Leonardo da Vinci.

Ladainha de Nossa Senhora (todos os dias)

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai celeste que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho, Redentor do mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, rogai por nós.
Santa Mãe de Deus,
Santa Virgem das virgens,
Mãe de Jesus Cristo,
Mãe da divina graça,
Mãe puríssima,
Mãe castíssima,
Mãe imaculada,
Mãe intacta,
Mãe amável,
Mãe admirável,
Mãe do bom conselho,
Mãe do Criador,
Mãe do Salvador,
Mãe da Igreja,
Virgem prudentíssima,
Virgem venerável,
Virgem louvável,
Virgem poderosa,
Virgem clemente,
Virgem fiel,
Espelho de justiça,
Sede de sabedoria,
Causa da nossa alegria,
Vaso espiritual,
Vaso honorífico,
Vaso insigne de devoção,
Rosa mística,
Torre de Davi,
Torre de marfim,
Casa de ouro,
Arca da aliança,
Porta do céu,
Estrela da manhã,
Saúde dos enfermos,
Refúgio dos pecadores,
Consoladora dos aflitos,
Auxílio dos cristãos,
Rainha dos anjos,
Rainha dos patriarcas,
Rainha dos profetas,
Rainha dos apóstolos,
Rainha dos mártires,
Rainha dos confessores,
Rainha das virgens,
Rainha de todos os santos,
Rainha concebida sem pecado original,
Rainha elevada ao céu em corpo e alma,
Rainha do sacratíssimo Rosário,
Rainha da paz, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.

℣. Rogai por nós, Santa Mãe de Deus,
℟. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos. Senhor Deus, nós vos suplicamos que concedais aos vossos servos perpétua saúde de alma e de corpo; e que, pela gloriosa intercessão da bem-aventurada sempre Virgem Maria, sejamos livres da presente tristeza e gozemos da eterna alegria. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém.

Oração final (todos os dias): 

℣. O Anjo do Senhor anunciou a Maria.
℟. E ela concebeu do Espírito Santo.

Oremos. Deus, que quisestes que o vosso Verbo, ao anúncio do Anjo, assumisse a carne no útero da Virgem Maria: concedei-nos, nós vos suplicamos, que os que nela cremos como verdadeira Mãe de Deus sejamos assistidos junto de Vós pela sua intercessão.

Ó Deus, pastor e guia de todos os fiéis, olhai propício para o vosso servo N. (cita-se o nome do Papa reinante), que constituístes pastor de vossa Igreja; dai-lhe, nós vos pedimos, servir por palavra e exemplo aqueles a quem governa, a fim de alcançar a vida eterna com o rebanho que lhe foi confiado.

Ó Deus, nosso refúgio e fortaleza, ouvi as piedosas súplicas de vossa Igreja, Vós que sois o autor da piedade, e concedei-nos alcançar eficazmente o que com confiança vos pedimos. Por Cristo, Senhor nosso. ℟. Amém.

Referências

  1. Raccolta di orazioni e pie opere alle quali sono annesse le s. indulgenze. 11.ª ed. Roma: Dalla Tipografia Marini e Compagno, 1844, p. 214ss.
  2. “In Annuntiatione Domini”, con. 1, em: Conciones Sacræ… ([s.l.], 1572), fol. 223b recto.
  3. Magis Deo coniungi, nisi fieret Deus, non potuit. Ps.-Alberto Magno, Quæstiones super Evangelium Missus est, q. 2, § 9 n. 2, em: Opera Omnia (Paris, ed. Borgnet, 1898), vol. 37, p. 11.
  4. Quæ Deum hominibus peperit, Paradisum aperuit, et animas ab inferis liberavit. [Autor incerto], Serm. 207.10, in festo Assumptionis (PL 39, 2133); cf. Santo Tomás de Aquino, Catena in Luc., c. 1, l. 16.

O que achou desse conteúdo?

0
0
Mais recentes
Mais antigos