CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João
(Jo
16, 29-33)

Naquele tempo, os discípulos disseram a Jesus: "Eis, agora falas claramente e não usas mais figuras. Agora sabemos que conheces tudo e que não precisas que alguém te interrogue. Por isto cremos que vieste da parte de Deus". Jesus respondeu: "Credes agora? Eis que vem a hora – e já chegou – em que vos dispersareis, cada um para seu lado, e me deixareis só. Mas eu não estou só; o Pai está comigo. Disse-vos estas coisas para que tenhais paz em mim. No mundo, tereis tribulações. Mas tende coragem! Eu venci o mundo!"

Em meio às dores de sua Paixão, Jesus permaneceu em profunda paz. Ainda que, psicologicamente, a sua alma estivesse angustiada, vendo-se abandonada e acossada de todos os lados, em nenhum momento o Senhor deixou-se perturbar pelo desespero deste mundo. Unido sempre ao Pai, Ele nunca esteve sozinho; contemplando-O face a face desde o primeiro instante de sua concepção, Ele gozava da sua companhia: "Eu não estou só; o Pai está comigo". Tal serenidade, entendemo-la em Cristo, manso e humilde de coração. Mas como nós, tão cheios de defeitos e preocupações, podemos alcançar esta paz que é como que a nota característica de um espírito verdadeiramente cristão? Apenas pela . Assim como Cristo, nossa Cabeça, também nós, o seu Corpo, temos nesta terra inúmeras tribulações; mas, porque cremos que Ele veio da parte de Deus para livrar-nos da escravidão do pecado, sabemos que, sobretudo nas cruzes e provações desta vida, nunca estamos sozinhos: Ele, que venceu o mundo, está sempre conosco. Abandonemo-nos, pois, em suas mãos, sabendo que não há momento em que não sejamos assistidos pela sua graça e confortados pelo seu doce Amor!

Material para Download

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.