CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

Façamos render a nossa fé

“Um homem nobre partiu para um país distante, a fim de ser coroado rei e depois voltar. Chamou então dez dos seus empregados, entregou cem moedas de prata a cada um e disse: ‘Procurai negociar até que eu volte’.

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
(Lc 19, 11-28)

Naquele tempo, Jesus acrescentou uma parábola, porque estava perto de Jerusalém e eles pensavam que o Reino de Deus ia chegar logo. Então Jesus disse:

“Um homem nobre partiu para um país distante, a fim de ser coroado rei e depois voltar. Chamou então dez dos seus empregados, entregou cem moedas de prata a cada um e disse: ‘Procurai negociar até que eu volte’. Seus concidadãos, porém, o odiavam, e enviaram uma embaixada atrás dele, dizendo: ‘Nós não queremos que esse homem reine sobre nós’. Mas o homem foi coroado rei e voltou. Mandou chamar os empregados, aos quais havia dado o dinheiro, a fim de saber quanto cada um havia lucrado.

O primeiro chegou e disse: ‘Senhor, as cem moedas renderam dez vezes mais’. O homem disse: ‘Muito bem, servo bom. Como foste fiel em coisas pequenas, recebe o governo de dez cidades’. O segundo chegou e disse: ‘Senhor, as cem moedas renderam cinco vezes mais’. O homem disse também a este: ‘Recebe tu também o governo de cinco cidades’. Chegou o outro empregado e disse: ‘Senhor, aqui estão as tuas cem moedas que guardei num lenço, pois eu tinha medo de ti, porque és um homem severo. Recebes o que não deste e colhes o que não semeaste’.

O homem disse: ‘Servo mau, eu te julgo pela tua própria boca. Tu sabias que eu sou um homem severo, que recebo o que não dei e colho o que não semeei. Então, por que tu não depositaste meu dinheiro no banco? Ao chegar, eu o retiraria com juros’. Depois disse aos que estavam aí presentes: ‘Tirai dele as cem moedas e dai-as àquele que tem mil’. Os presentes disseram: ‘Senhor, esse já tem mil moedas!’ Ele respondeu: ‘Eu vos digo: a todo aquele que já possui, será dado mais ainda; mas àquele que nada tem, será tirado até mesmo o que tem. E quanto a esses inimigos, que não queriam que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e matai-os na minha frente’”. Jesus caminhava à frente dos discípulos, subindo para Jerusalém.

1. Fé, um depósito precioso. — No dia de hoje, celebramos a Dedicação das Basílicas de São Pedro e de São Paulo em Roma, as duas grandes basílicas em que estão sepultados os príncipes dos Apóstolos. O Evangelho, por sua vez, fala-nos de cem moedas de prata entregues por um nobre que partiu para um país distante, para ser coroado rei. Ao retornar, ele pede a cada um dos empregados contas do que fizeram com o dinheiro que lhes fora confiado. Unindo a celebração dos Apóstolos à leitura desta parábola, é patente que o grande dom, as moedas de prata, que recebemos de Deus é a , e Deus, como o nobre do Evangelho, quer que essa fé cresça e se desenvolva dentro de nós; se não crescer, haverá da nossa parte uma grave culpabilidade. De fato, não é possível, por exemplo, que adultos de quarenta ou cinquenta anos vivam ainda daquela fé incipiente, infantil, de primeira comunhão. Sim, nós precisamos crescer espiritualmente, porque se não nos preocuparmos em fazer crescer as virtudes da fé, da esperança e da caridade, dadas por Deus para crescermos até a estatura de Cristo, não é que continuaremos como criancinhas: nós, na verdade, nos tornaremos uns deformados espiritualmente, almas “adultas” com proporções de criança, atrofiadas, retardatárias, como que deixadas para trás. Nosso Senhor olha para isso com urgência, e por isso nos faz um pedido: que nós nos abramos à sua graça e façamos render espiritualmente os dons que dele recebemos.

2. Fé, um investimento necessário. — A Igreja tem tanta necessidade de que nós façamos isso! Estamos num mundo em que a fé católica está sendo deixada de lado, em que as pessoas se “alimentam” de tantas outras coisas — é o dia inteiro a pensar em dinheiro, ou no Facebook, na internet, no Instagram, em não sei mais o quê… —, e não se alimentam da verdadeira fé para seu crescimento espiritual. Ora, para que isso aconteça, é preciso ter vida de oração. Se você acompanha essas homilias diárias, se as ouve todos os dias, não fique apenas na escuta: ouça, sim, a palavra que Deus diariamente lhe dirige, mas tire um tempo para, de fato, rezar e meditar sobre ela. Que sejam dez minutos! mas converse com Deus, pois é isso que fará sua fé desenvolver-se, é aí que você estará realmente tomando o dom que Deus lhe deu e fazendo-o crescer espiritualmente, até a estatura de Cristo. Nosso Senhor confiou-lhe um grande tesouro. Somos sete bilhões de pessoas neste mundo, mas tão poucos são os que têm fé! Deus confiou isso a você. Cresça na fé, para que você possa transmiti-la a outros e nós, assim, possamos estar preparados para o dia em que o Rei voltará para recompensar-nos no céu.

Material para Download
Texto do episódioMaterial para downloadComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.