CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

Memória de Santo Estanislau Kostka

Amor à pureza e devoção à Virgem Maria: foram essas as duas armas com que S. Estanislau Kostka chegou, com apenas dezoito anos, àquela santidade que Deus quer para cada um de nós.

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
(Lc 17, 1-6)

Naquele tempo, Jesus disse a seus discípulos: “É inevitável que aconteçam escândalos. Mas ai daquele que produz escândalos! Seria melhor para ele que lhe amarrassem uma pedra de moinho no pescoço e o jogassem no mar, do que escandalizar um desses pequeninos.

Prestai atenção: se o teu irmão pecar, repreende-o. Se ele se converter, perdoa-lhe. Se ele pecar contra ti sete vezes num só dia, e sete vezes vier a ti, dizendo: ‘Estou arrependido’, tu deves perdoá-lo”.

Os apóstolos disseram ao Senhor: “Aumenta a nossa fé!” O Senhor respondeu: “Se vós tivésseis fé, mesmo pequena como um grão de mostarda, poderíeis dizer a esta amoreira: ‘Arranca-te daqui e planta-te no mar’, e ela vos obedeceria”.

De origem polonesa, o santo que a Igreja hoje comemora, Estanislau Kostka, chegou com apenas dezoitos a um grau exímio de santidade e amor a Jesus Cristo. Conta-se que tamanho era o seu zelo por guardar a pureza de coração que, ao ouvir uma conversa indecente e imodesta, ele não só se perturbava como podia chegar até mesmo a desmaiar de desgosto. O pai enviou-o para estudar a Viena, juntamente com o irmão mais velho, Paulo, cujos costumes devassos significaram-lhe um verdadeiro martírio doméstico. Os dois viram-se obrigados a abrigar-se, devido às circunstâncias de então, na casa de um príncipe luterano. Somada às negativas do irmão, o ambiente daquela casa anticatólica impediu que Estanislau, num momento de grave doença, recebesse de mãos humanas o viático que ele tanto deseja; Deus, porém, providenciou que o menino recebesse o Corpo de Cristo das mãos de S. Bárbara, que lhe apareceu rodeada de vários anjos.  Estanislau recobrou naquele instante mesmo a saúde física e, por uma revelação privada de Nossa Senhora, decidiu entrar para a Companhia de Jesus. Como seu pai e o Provincial dos jesuítas não lhe permitissem obedecer à inspiração da Virgem, o santo fugiu sozinho, disfarçado de mendigo, até chegar à Alemanha, onde foi acolhido por S. Pedro Canísio, que logrou enviá-lo a Roma a fim de o preparar para o noviciado. Lá chegando, porém, Estanislau cai gravemente enfermo e, antes de conseguir professar os votos, morre aos dezoito anos como pequeno, mas santo noviço. Sua devoção terníssima à Virgem Maria mereceu-lhe morrer justamente no dia quinze de agosto, festa da Assunção de Nossa Senhora à glória do céu. Que S. Estanislau Kostka interceda pela nossa juventude, para preservá-la da impureza; pelos religiosos, a fim de os manter firme na busca da santidade; e por todos os seminaristas, que se sintam sempre incendiados de uma grande amor à toda pura Mãe de Deus.

Material para Download
Texto do episódioMaterial para downloadComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.