CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

Nossa Senhora das Graças e a Medalha Milagrosa

No dia 27 de novembro de 1830, em Paris, na França, a bem-aventurada Virgem Maria aparece a Santa Catarina Labouré como a Imaculada Conceição, esmagando a cabeça da serpente infernal, e como Nossa Senhora das Graças, querendo derramar sobre o mundo os favores do Céu. 

Texto do episódio
02

Na Medalha Milagrosa, a bem-aventurada Virgem Maria aparece calcando aos pés a cabeça da serpente, e ao seu redor se inscreve a invocação: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!” 

Foi assim que ela apareceu, dia 27 de novembro de 1830, em Paris, na França, a Santa Catarina Labouré, mostrando-se ainda como Nossa Senhora das Graças, desejosa de derramar sobre a humanidade inteira os favores do Céu.

Em seus dedos, porém, cheios de anéis, a vidente de Maria notou que alguns deles reluziam e outros não. Estes simbolizavam as graças que nós devíamos pedir, mas que não estávamos pedindo, e por isso não vinham até nós.

E você, que graças tem deixado de pedir a Jesus e Maria?

Esta homilia foi feita pelo Padre Paulo Ricardo no dia 27 de novembro de 2023, durante Missa votiva de Nossa Senhora, Medianeira de Todas as Graças, rezada pela manhã na Paróquia Cristo Rei, de Várzea Grande (MT).

O que achou desse conteúdo?

0
2
Mais recentes
Mais antigos
Texto do episódio
Comentários dos alunos