CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Conteúdo exclusivo para alunos
Assine agora
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Teologia do Corpo

Cristo apela ao coração humano

Por causa do pecado original, a sexualidade humana precisa ser redimida. Em Jesus, o domínio soberbo sobre o corpo é quebrado por Sua entrega sacrifical: “Isto é meu corpo, que é dado por vós". A escravidão do pecado é transformada na liberdade do amor e é instituída uma nova ética: a do coração.

22

No segundo ciclo de catequeses sobre a Teologia do Corpo, São João Paulo II fala sobre o projeto da redenção para a sexualidade humana. Enquanto o primeiro ciclo estava voltado para a Criação, o segundo olha mais atentamente para a Redenção.

Como ponto de partida para sua reflexão, o Papa recorre às palavras de Jesus: “Ouvistes que foi dito: 'Não cometerás adultério'. Ora, eu vos digo: todo aquele que olhar para uma mulher com o desejo de possuí-la, já cometeu adultério com ela em seu coração" (Mt 5, 27-28). Com isso, Jesus traz um novo conceito de adultério. Não se trata mais, como no Antigo Testamento, de simplesmente deitar-se com a mulher do próximo. Agora, um novo ethos é posto, é instituída a ética do coração: não basta não praticar o ato externo pecaminoso; é preciso amar, verdadeiramente.

Antes de entender como a sexualidade humana é redimida, é preciso olhar como está o coração do homem após o pecado original. No diálogo entre a serpente e a mulher (cf. Gn 3, 1ss), que antecede a queda, Eva, ao invés de receber gratuitamente de Deus a participação em Sua vida, procura apropriar-se desse dom, tomá-lo para si. A Escritura diz que “a mulher viu que...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos