CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

A ida de Cristo e a vinda do Espírito

Nós, por sermos com Cristo um só Corpo místico, recebemos o toque efetivo de sua graça mediante o Espírito Santo, que, derramado sobre a Cabeça, chega até os membros vivos mais inferiores dessa grande família do Pai.

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João
(Jo 16 ,5-11)

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Agora, parto para aquele que me enviou, e nenhum de vós me pergunta: ‘Para onde vais?’ Mas, porque vos disse isto, a tristeza encheu os vossos corações. No entanto, eu vos digo a verdade: É bom para vós que eu parta; se eu não for, não virá até vós o Defensor; mas, se eu me for, eu vo-lo mandarei. E quando vier, ele demonstrará ao mundo em que consistem o pecado, a justiça e o julgamento: o pecado, porque não acreditaram em mim; a justiça, porque vou para o Pai, de modo que não mais me vereis; e o julgamento, porque o chefe deste mundo já está condenado”.

Jesus começa hoje a anunciar a vinda do Paráclito. No Evangelho desta terça-feira, de modo particular, Ele procura convencer os Apóstolos de uma verdade à primeira vista inconveniente e amarga: “É bom para vós que Eu parta”, porque é só assim, com o saída de Cristo deste mundo, que Ele poderá mandar-nos o Defensor, o Espírito da Verdade. Com a Ascensão do Senhor aos céus e a descida do Espírito Santo em Pentecostes — dois eventos que celebraremos dentro de poucos dias —, inaugura-se uma nova forma de Jesus ressuscitado estar presente no meio de nós: trata-se de uma presença mais íntima e mais constante do que a que Ele possuía antes de ser glorificado. Ele agora está presente fisicamente no céu, à direita do Pai; sacramentalmente em todos os sacrários da terra; e virtualmente em todos os que estão em graça e a Ele recorrem de bom coração. A palavra “virtual”, porém, não nos deve confundir: virtus, em latim, significa força, de maneira que essa modalidade de presença expressa o fato de o Senhor estar tocando-nos efetivamente com o poder de sua graça, já que foi Ele quem enviou até nós o Espírito Santo que o ungiu em abundância. Dele, como da Cabeça de seu Corpo místico, escorre por todos os membros da Igreja o óleo espiritual que não é mais do que o amor que o Pai consagra ao seu bem-amado. Tocados, assim, pelo mesmo Espírito Santo de Cristo, aproveitemos a graça de que fomos cumulados, fugindo do pecado e levando uma vida santa, cimentada numa fé firme na divindade de Nosso Senhor.

Material para Download
Texto do episódioMaterial para downloadComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.