CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
(Lc 11, 29-32)

Naquele tempo, quando as multidões se reuniram em grande quantidade, Jesus começou a dizer: “Esta geração é uma geração má. Ela busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal de Jonas.

Com efeito, assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, assim também será o Filho do Homem para esta geração. No dia do julgamento, a rainha do Sul se levantará juntamente com os homens desta geração, e os condenará. Porque ela veio de uma terra distante para ouvir a sabedoria de Salomão. E aqui está quem é maior do que Salomão.

No dia do julgamento, os ninivitas se levantarão juntamente com esta geração e a condenarão. Porque eles se converteram quando ouviram a pregação de Jonas. E aqui está quem é maior do que Jonas”.

Na Quaresma, a Igreja propõe-nos um itinerário de fé com o propósito de conformarmos nossa vida à de Cristo. Isso se faz, sobretudo, por meio da imitação das virtudes do Senhor: sua oração, sua austeridade, sua mansidão, sua misericórdia. É justamente ao seguimento prático de Cristo que o Evangelho de hoje quer-nos provocar. Cristo, reunida uma grande multidão, começa a queixar-se da incredulidade de seus ouvintes: “Esta geração é uma geração má”, infiel à Aliança do Senhor (cf. Is 1, 21; 50, 1; Ez 16; Os 2, 5). “Ela busca um sinal”, não por desejo de conhecer a verdade, mas pelo gosto de ver coisas novas e admiráveis. Por isso, “nenhum sinal lhe será dado”, porque o que Jesus pede de quem o segue é uma atitude de e confiança, de conversão de vida. Prova disso são os dois exemplos tirados do Antigo Testamento com que Ele ilustra este ensinamento: a rainha do Sul e o profeta Jonas. A primeira, de origem pagã, vem de uma região longínqua para aprender da sabedoria de Salomão e adorar o Deus verdadeiro (cf. 1Rs 10, 1). Jonas, ao contrário, pertencente ao povo de Israel, é enviado a pregar aos ninivitas, não tanto para a conversão deles quanto pela de seu próprio coração, cheio de rancor e vingança. Com quanta humildade, pois, não devemos nós, iluminados pela fé, submeter-nos àquele que é maior do que Jonas e Salomão! Não sigamos o modelo dos israelitas, pedindo a Deus provas e mais provas; antes, busquemos a mudança de conduta e mentalidade sem a qual a cruz de Cristo será sempre escândalo e loucura. Que Ele nos conceda a graça de, já nestes primeiros dias de Quaresma, retomarmos o bom caminho se porventura nos desviamos, a fim de alcançarmos o conhecimento da verdade e a salvação que Deus quer para todos os homens.

Download do Material
Texto do episódioDownloadsComentários

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.