CNP
Christo Nihil Praeponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

316. Cristo, o Noivo das almas

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
( Lc
5, 33-39)

Naquele tempo, os fariseus e os mestres da Lei disseram a Jesus: "Os discípulos de João, e também os discípulos dos fariseus, jejuam com frequência e fazem orações. Mas os teus discípulos comem e bebem". Jesus, porém, lhes disse: "Os convidados de um casamento podem fazer jejum enquanto o noivo está com eles? Dias virão em que o noivo será tirado do meio deles. Então, naqueles dias, eles jejuarão".

Jesus contou-lhes ainda uma parábola: "Ninguém tira retalho de roupa nova para fazer remendo em roupa velha; senão vai rasgar a roupa nova, e o retalho novo não combinará com a roupa velha. Ninguém põe vinho novo em odres velhos; porque, senão, o vinho novo arrebenta os odres velhos e se derrama; e os odres se perdem. Vinho novo deve ser posto em odres novos. E ninguém, depois de beber vinho velho, deseja vinho novo; porque diz: o velho é melhor".

É próprio de quem ama querer unir-se ao seu amado. Por isso Jesus diz, no Evangelho de hoje, ser o noivo de nossa alma; unindo em si o humano e o divino, Ele deseja fazer-nos participantes de sua vida de comunhão amorosa com o Pai e membros, pois, da família de Deus. Pelo pecado, no entanto, tornamo-nos semelhantes a esposas prostituídas, que se entregam aos braços adúlteros de inumeráveis vícios e imundícies; expulsamos da câmara nupcial do nosso coração Aquele que, embora não precise do amor que Lhe podemos dar, quer ser um só conosco. É sobretudo neste momento que, privados da caridade divina, devemos fazer penitência e implorar, com sincera dor de alma, pelo perdão do nosso Amado: "Dias virão em que o noivo será tirado do meio deles; então, naqueles dias, eles jejuarão", quer dizer, ver-se-ão sem a doçura de minha presença e, uma vez arrependidos, rogarão com lágrimas e jejuns que Eu torne a estar com eles. Abramos, pois, o nosso coração ingrato ao amor misericordioso de Jesus e, esforçando-nos por ter a seus olhos um vida limpa e coerente com o Evangelho, peçamos-Lhe que permaneça sempre conosco, como nosso único e verdadeiro Esposo.

Download do Material

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.