CNP
Christo Nihil Praeponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

341. Memória de Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
(Lc
10, 17-24)

Naquele tempo, os setenta e dois voltaram muito contentes, dizendo: "Senhor, até os demônios nos obedeceram por causa do teu nome".

Jesus respondeu: "Eu vi Satanás cair do céu, como um relâmpago. Eu vos dei o poder de pisar em cima de cobras e escorpiões e sobre toda a força do inimigo. E nada vos poderá fazer mal. Contudo, não vos alegreis porque os espíritos vos obedecem. Antes, ficai alegres porque vossos nomes estão escritos no céu".

Naquele momento, Jesus exultou no Espírito Santo e disse: "Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste essas coisas aos sábios e inteligentes, e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado.

Tudo me foi entregue pelo meu Pai. Ninguém conhece quem é o Filho, a não ser o Pai; e ninguém conhece quem é o Pai, a não ser o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar".

Jesus voltou-se para os discípulos e disse-lhes em particular: "Felizes os olhos que veem o que vós vedes! Pois eu vos digo que muitos profetas e reis quiseram ver o que estais vendo, e não puderam ver; quiseram ouvir o que estais ouvindo, e não puderam ouvir".

É com grande alegria que comemoramos hoje a memória de Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face. Proclamada Doutora da Igreja em 1997 pelo bem-aventurado Papa São João Paulo II, Santa Teresa de Lisieux ensinou um caminho acessível e seguro a todos quantos, fiéis ao seu compromisso de Batismo, aspiram verdadeiramente à santidade e à glória eterna; trata-se de sua pequena via, que consiste em abandonar-se com a confiança duma criança nos braços misericordiosos de Deus, crendo com firme esperança que Ele há de conceder-nos todas as graças de que tivermos necessidade para vencer o nosso egoísmo e amá-lO com o amor de que é digno. Temos de pôr-nos diante dEle na condição humilde de crianças pequenas, que se sabem incapazes de fazer o que quer que seja sem a presença e o auxílio de seus pais; temos pois de abandonar aquela atitude sobranceira dos orgulhos e dos que se julgam autossuficientes, dos que, à semelhança de Lúcifer, amam louca e desordenadamente a própria "excelência". Pois é somente ao nos rebaixarmos e aceitarmos que nada somos nem podemos que o Senhor poderá encontrar espaço em nosso coração para derramar a sua caridade, para fazer de nós os grandes santos que Ele tanto deseja. Recorramos hoje à intercessão de Santa Teresinha, a "maior entre os santos modernos" — como lhe chamou Pio XI —, e lhe peçamos que faça chover sobre nós as rosas da divina graça, a fim de que, plantadas no solo de nossa alma, deem abundantes frutos de amor para a maior glória de Deus.

Download do Material

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.