CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
(Lc 14, 1.7-11)

Aconteceu que, num dia de sábado, Jesus foi comer na casa de um dos chefes dos fariseus. E eles o observavam. Jesus notou como os convidados escolhiam os primeiros lugares. Então contou-lhes uma parábola: “Quando fores convidado para uma festa de casamento, não ocupes o primeiro lugar. Pode ser que tenha sido convidado alguém mais importante do que tu, e o dono da casa, que convidou os dois, venha te dizer: ‘Dá o lugar a ele’. Então ficarás envergonhado e irás ocupar o último lugar. Mas, quando fores convidado, vai sentar-te no último lugar. Assim, quando chegar quem te convidou, te dirá: ‘Amigo, vem mais para cima’. E isto vai ser uma honra para ti diante de todos os convidados. Porque quem se eleva será humilhado e quem se humilha será elevado”.

O Senhor nos dá no Evangelho de hoje uma lição sobre a humildade, virtude que vemos exemplarmente vivida em S. Carlos Borromeu, cuja memória a Igreja celebra neste dia. Consciente de seu dever, enquanto bispo e pastor, de fazer-se servo do próprio rebanho, S. Carlos Borromeu assumiu como lema de seu episcopado a humilitas, e nisto seguiu de perto as pegadas do modelo de todas as virtudes: Cristo, que se esvaziou a si mesmo e se fez escravo, obediente até a morte, e morte de Cruz. Aquele, pois, que, sem deixar de ser grande, se fez pequeno, pôs-se a nosso serviço pela aspersão do próprio sangue, a fim de que nós, que somos menos que um nada, fôssemos purificados dos nossos pecados e apresentados diante de Deus com um espírito renovado e agradável aos seus olhos. O Filho do Homem veio, não para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos. É o que vemos simbolizado, por exemplo, na cena do lava-pés, em que o Senhor quis significar, na noite em que ia ser entregue, o que ele havia de operar na manhã do dia seguinte. Rebaixando-se como escravo, ele será exaltado na cruz como Rei crucificado, para lavar-nos, não com simples água, mas com o seu sangue preciosíssimo, a fim de sermos revestidos com uma alva puríssima, sem mancha nem ruga. Ora, assim como Jesus se fez tudo para todos, assim também nós, com o auxílio da graça, estamos neste mundo para servirmos os demais e conduzi-los, com obras e orações, ao Reino que nos está preparado. Que a Virgem Maria, a mais humilde serva do Senhor, e S. Carlos Borromeu, modelo de humildade para toda a Igreja, nos agraciem hoje com o seu patrocínio e nos alcancem de Cristo a graça de sermos, como ele, nada para nós, mas tudo para os outros.

Material para Download
Texto do episódioMaterial para downloadComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.