CNP
Christo Nihil Praeponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

404. Memória de São João da Cruz, Doutor da Igreja

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
(Lc
7, 19-23)

Naquele tempo, João convocou dois de seus discípulos, e mandou-os perguntar ao Senhor: "És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar outro?" Eles foram ter com Jesus, e disseram: "João Batista nos mandou a ti para perguntar: `És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar outro?'" Nessa mesma hora, Jesus curou de doenças, enfermidades e espíritos malignos a muitas pessoas, e fez muitos cegos recuperarem a vista. Então, Jesus lhes respondeu: "Ide contar a João o que vistes e ouvistes: os cegos recuperam a vista, os paralíticos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam, e a Boa Nova é anunciada aos pobres. E feliz é aquele que não se escandaliza por causa de mim!"

Unimos, hoje, nossa voz à da família carmelita para cantar louvores a Deus pelo grande São João da Cruz, doutor místico, cujo ensinamento inestimável ilumina e enriquece a Santa Igreja, Esposa de Cristo. Nascido no pequeno povoado de Fontiveros, na Espanha, em 1542, e órfão de pai muito cedo, João de Yepes cresceu em meio a uma pobreza extrema, mas enriquecendo-se da fé e da piedade, que não faltavam na sua pobre família; os sofrimentos e trabalhos por que passou, contudo, seriam apenas os primeiros de uma vida marcada pela cruz e pelo amor a Nosso Senhor. Achegando-nos o Natal do Senhor, vemos o quanto a doutrina deste grande místico da Igreja pode ajudar-nos na preparação e espera próprias do Advento: Deus é tudo, e a criatura, cuja própria existência é comunicada e sustentada constantemente por Deus, é um nada, por isso, se queremos receber o Menino Deus em nossas vidas e ver brilhar em nossos corações a luz da fé e da caridade, precisamos desprender-nos de todo o criado e esvaziar-nos totalmente de nós mesmos; somente assim, apagando as luzes mundanas em nós, veremos resplandecer a luz do Cristo. São João da Cruz, rogai por nós!

Download do Material

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.