CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
(Lc
19, 41-44)

Quando Jesus se aproximou de Jerusalém e viu a cidade, começou a chorar. E disse: "Se tu também compreendesses hoje o que te pode trazer a paz! Agora, porém, está escondido aos teus olhos! Dias virão em que os inimigos farão trincheiras, te sitiarão e te apertarão de todos os lados. Esmagarão a ti e a teus filhos, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, porque não reconheceste o tempo em que foste visitada."

Nos últimos dias, temos acompanhado o Senhor em sua subida de Jericó a Jerusalém; são, aliás, os seus últimos momentos antes da Paixão. Após uma longa e decerto exaustiva caminhada, Jesus finalmente vê ao longe a cidade santa e, diz o Evangelho de hoje, começa a chorar sobre ela. É, de fato, um pouco espantoso contemplar esta cena do Deus que se entristece. Ele, que é bendito pelos séculos, sai de si mesmo e, assumindo nossa condição mortal, vive agora da forma a mais intensa a dor e o sofrimento humanos. A leitura desta 5.ª-feira, com efeito, ilustra como Deus, em sua misericórdia, chega a compadecer-se realmente de nós. Mas esta tristeza de Cristo não deixa de ter um quê de felicidade. O mesmo Senhor ensinara: "Bem-aventurados os que choram, pois serão consolados" (Mt 5, 4); Ele chora não por desespero, mas antes como quem ama, como um pai que vê o filho rejeitar os cuidados e a herança a que teria direito. E acrescenta aos seus lamentos uma advertência: "Esmagarão a ti e a teus filhos, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, porque não reconheceste o tempo em que foste visitada [καιρός τῆς ἐπισκοπῆς]."

O Senhor se refere ao tempo oportuno em que, visitando a cada um de nós, Ele nos chama à verdadeira conversão, assim como também chamara a sua querida Jerusalém. Nosso Senhor quer, sim, que nos convertamos, que nos voltemos para Ele, que lhe enxuguemos as lágrimas que nós mesmos, com os nossos pecados e infidelidades, ocasionamos. Aproveitemos este καιρός, este tempo de misericórdia, que Deus pacientemente nos concede, para emendar nossa vida transviada, nossa mentalidade paganizada. Oremos sempre, façamos penitência e peçamos à Virgem Santíssima que rogue por nós, a fim de que a justa ira do Senhor, que chora pela humanidade inteira e por cada um de seus filhos, não recaia sobre as nossas iniquidades. Aproveitemos o tempo da misericórdia e, com um coração renovado em Cristo, aguardemos, esperançosos na benevolência de Deus, o tempo de sua santa e irrefragável justiça.

Material para Download

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.