Os “amigos do esposo”
CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
(Mt 17,10-13)

Ao descerem do monte, os discípulos perguntaram a Jesus: “Por que os mestres da Lei dizem que Elias deve vir primeiro?” Jesus respondeu: “Elias vem e colocará tudo em ordem. Ora, eu vos digo: Elias já veio, mas eles não o reconheceram. Ao contrário, fizeram com ele tudo o que quiseram. Assim também o Filho do Homem será maltratado por eles”. Então os discípulos compreenderam que Jesus lhes falava de João Batista.

Comentário exegético

O advento de Elias (cf. Mc 9,10s [gr. 9,12s]). — V. 10. E interrogaram-no os discípulos, dizendo: Por que, pois, os (Mc: fariseus e os) escribas dizem que é necessário primeiro vir Elias? Esta questão é independente da consignada por Mt no v. precedente e por Mc em 9,9. A pergunta dos Apóstolos: Por que, pois… pode referir-se de dois modos ao episódio da transfiguração (cf. Mt 17,3.8; Mc 9,3.7; Lc 9,30s.36): 1) ou os Apóstolos não são capazes de entender por que Elias não apareceu antes, dado que o Senhor já se revelara em sua glória (assim Orígenes, São Jerônimo etc.), i.e.: ‘Se já vieste em glória, como o teu precursor não aparece?’ (São Jerônimo, in Matth. iii [= Mt 17,10]: ML 26,124); — 2) ou o sentido da pergunta é: ‘Por que Elias desapareceu tão cedo, já que dele está escrito que preparará todas as coisas para a vinda do Messias?’ Que o profeta Elias viria antes de Cristo era sentença comum entre os doutores judeus com base em Ml 4,5s [hebr. 3,23s].

V. 11. Mas ele, respondendo, parece confirmar a interpretação dos escribas: Elias certamente há de vir, e — acrescenta — restabelecerá (ἀποκαταστήσει = irá reinstuarar, reconduzir a seu estado original) todas as coisas, i.e. fará valer a lei moral e religiosa, disporá o povo para o advento do Messias, reintegrará as tribos da Jacó (cf. Ml 4,5s; Eclo 48,10) etc. Destas palavras, sobretudo conforme o tom que lhes dá Mc, parece seguir-se que o Senhor afirma um verdadeiro retorno de Elias antes do segundo advento de Cristo, o que os Padres e a maioria dos católicos sempre sustentaram. ‘O que há de vir no segundo advento do Senhor em presença corpórea agora, por João, vem em virtude e espírito’ (São Jerônimo, ibid.).

 V. 12s. Passa-se agora do segundo para o primeiro advento de Cristo. A ambas as vindas corresponde seu próprio núncio e precursor: à segunda, referida no v. precedente, o profeta Elias; à primeira, João Batista, também chamado Elias por semelhança de missão e espírito: ‘João era Elias em espírito, mas não em pessoa’ (São Gregório Magno, hom. in Ev. i 7 [= Jo 1,29-33]: ML 76,1100). Este Elias τυπικός já veio e teve entre os homens a mesma sorte reservada ao próprio Messias: Fizeram dele o que quiseram, i.e. rejeitaram-no e deram-lhe morte (cf. Mt 14,6-12; Mc 6,21-29). — Então os discípulos compreenderam que lhes tinha falado de João Batista.

Texto do episódioComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.