CNP
Christo Nihil Praeponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

538. Para compreender o amor de Jesus

Só com a luz do Espírito Santo para compreendermos o quanto somos amados e, portanto, o quanto temos de amar de volta Aquele que, quando ainda éramos inimigos seus, nos amou primeiro e chamou à sua amizade.

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João
(Jo
15, 12-17)

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: "Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem amor maior do que aquele que dá sua vida pelos amigos.

Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, pois o servo não sabe o que faz o seu Senhor. Eu chamo-vos amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai. Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi e vos designei para irdes e para que produzais fruto e o vosso fruto permaneça. O que, então, pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo concederá. Isto é o que vos ordeno: amai-vos uns aos outros".

O próprio da amizade é viver da intimidade, da comunicação amorosa e singela do bem entre duas almas que se querem unidas, e não da "praça pública", do "companheirismo" no mal. Assim o fez Jesus, que, para demonstrar sua amizade conosco, nos deu a conhecer todos os segredos escondidos em seu Sacratíssimo Coração. E não só isso; fez questão de enviar-nos o seu Espírito Santo, a fim de preparar nossa inteligência para compreender a fundo não apenas as suas palavras, mas também a dimensão do seu amor para com os homens: "Ninguém tem amor maior do que aquele que dá sua vida pelos amigos", disse Ele pouco antes de entregar-se à morte para que recobrássemos a vida. Por isso, um ponto imprescindível em nossa vida de oração é pedir com frequência a luz do Espírito Consolador, para que possamos penetrar a verdade das palavras do Senhor e dar-nos conta, enfim, da imensidão de sua ardentíssima caridade. Que Aquele que, no dia de sua Ascensão, subiu aos céus para pôr-se à direita do Pai de imensa claridade nos envie o Espírito da Verdade, a fim de compreendermos o quanto somos amados e quanto amor, de nossa parte, temos de devolver Àquele que nos amou primeiro.

Download do Material
Texto do episódioDownload do áudio e textoComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.