CNP
Christo Nihil Praeponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

561. Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo

Assista à homilia desta quinta-feira, dia 15 de junho, e ofereça conosco à Santíssima Trindade o Preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo, presente em todos os sacrários da terra.

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João
(Jo
6, 51-58)

Naquele tempo, disse Jesus às multidões dos judeus: "Eu sou o pão vivo descido do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que eu darei é a minha carne dada para a vida do mundo". Os judeus discutiam entre si, dizendo: "Como é que ele pode dar a sua carne a comer?" Então Jesus disse: "Em verdade, em verdade vos digo: se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne é verdadeira comida, e o meu sangue, verdadeira bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo por causa do Pai, assim aquele que me recebe como alimento viverá por causa de mim. Este é o pão que desceu do céu. Não é como aquele que os vossos pais comeram. Eles morreram. Aquele que come este pão viverá para sempre".

Celebrar hoje a solenidade do Corpo e Sangue de Cristo é um modo por que a Santa Madre Igreja nos convida a renovar a nossa fé na presença real e substancial de Nosso Senhor no sacramento do seu divino amor. E, ao fazê-lo, não apenas estreitamos os vínculos que nos unem como uma só Igreja, cimentada na única e verdadeira fé católica, apostólica e ortodoxa, mas também cumprimos o desejo de Nossa Senhora de Fátima de que, obedientes à palavra de Cristo e aos mandamentos da Lei de Deus, mantivéssemos sempre viva em nosso coração a chama da fé eucarística e oferecêssemos à Santíssima Trindade em reparação das ofensas contra Nosso Senhor, o Corpo, Sangue, Alma e Divindade que Ele mesmo torna presentes em todos os sacrários da terra. Disto se vê como o nosso amor à Eucaristia tem, de fato, o poder de reinstalar no mundo a desordem que o pecado nele introduz. Pois o que é desagravar os ofensas com que dia após dia é ultrajado o amor de Deus senão reparar, quanto nos for possível, a honra divina e oferecer a Cristo, dentro de nossas capacidades, o afeto, o carinho, a caridade e a gratidão a que Ele tem todo o direito? Com o coração humilhado, aproximemo-nos hoje do Santíssimo Sacramento, fonte preciosa de que haurimos as graças que nos foram merecidas no Calvário, para nele adorar a Cristo, reparar as ofensas lançadas à sua Sagrada Face e receber, conscientes de nossa indignidade, o alimento espiritual que nos proporcionam o Corpo e Sangue do nosso Redentor. Que a nossa comunhão possa hoje, pelos atos de amor que ela nos inspirar, servir à conversão de muitos pecadores, a começar por nós mesmos.

Download do Material
Texto do episódioDownload do áudio e textoComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.