CNP
Christo Nihil Praeponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
(Mt 6, 19-23)

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: “Não junteis tesouros aqui na terra, onde a traça e a ferrugem destroem, e os ladrões assaltam e roubam. Ao contrário, juntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça e a ferrugem destroem, nem os ladrões assaltam e roubam. Porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração.

O olho é a lâmpada do corpo. Se o teu olho é sadio, todo o teu corpo ficará iluminado. Se o teu olho está doente, todo o corpo ficará na escuridão. Ora, se a luz que existe em ti é escuridão, como será grande a escuridão”.

Celebramos hoje a memória de dois mártires ingleses: S. Tomás More, leigo, e S. João Fisher, bispo, mortos há quase cinco séculos pelo ímpio Henrique VIII, rei de Inglaterra, por defenderem a unidade da Igreja e a sacralidade do matrimônio, uno e indissolúvel. Todos conhecemos bem a história. Como Catarina de Aragão não lhe desse um herdeiro, Henrique VIII quis que o Papa lhe anulasse o casamento, dando-lhe assim possibilidade de encontrar outra esposa. O Pontífice, no entanto, opôs-se aos desejos adúlteros de rei, cujo matrimônio era válido e legítimo segundo as leis de Deus e da Igreja. O monarca, que fora antes um defensor da fé católica, não quis pagar o preço da fidelidade à esposa e às palavras de Cristo e terminou separando-se da Igreja. Como sinal de sua idolatria, declarou-se chefe da “igreja” de Inglaterra e deu início a um cisma que dura até os dias de hoje. Contrastada com a resposta heróica de tantos católicos fiéis como os santos Tomás More e João Fisher, a história de Henrique VIII nos recorda o que já no século III dizia Orígenes: “Diante de uma tentação, um cristão sai mártir ou idólatra”. O problema do rei inglês, com efeito, não foi ter-se “feito” Papa, mas ter-se arrogado os direitos de Deus. Sua loucura idólatra levou-o a ter seis esposas e a matar algumas delas, prova de que a luxúria e o desejo de poder cegam o espírito e o precipitam nos piores pecados. Que o exemplo e o testemunho de S. Tomás More e S. João Fisher, mártires da moral cristã, nos animem a ser sempre fiéis a Jesus Cristo e à doutrina de sua Igreja, sustentáculo da verdade e único caminho de salvação.

Download do Material
Texto do episódioDownload do áudio e textoComentários

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.