CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João
(Jo 15, 18-21)

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: "Se o mundo vos odeia, sabei que primeiro me odiou a mim. Se fôsseis do mundo, o mundo gostaria daquilo que lhe pertence. Mas, porque não sois do mundo, porque eu vos escolhi e apartei do mundo, o mundo por isso vos odeia.

Lembrai-vos daquilo que eu vos disse: 'O servo não é maior que seu senhor'. Se me perseguiram a mim, também perseguirão a vós. Se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa. Tudo isto eles farão contra vós por causa do meu nome, porque não conhecem aquele que me enviou".

Os que se decidem a seguir a Deus são inevitavelmente perseguidos pelo mundo. Isto "porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas do mundo" (1Jo 2, 16). Com efeito, a presença do cristão torna-se, por si mesma, um incômodo para os espíritos enredados nas armadilhas do século. Se nos opomos às solicitações da carne e nos voltamos para Deus, somos tachados de loucos e tolos; se fechamos os olhos para as frivolidades temporais, chamam-nos fanáticos; se desprezamos as honrarias humanas, apodam-nos de hipócritas. Ser cristão implica, portanto, romper com esta dinâmica peçonhenta que, acomodando as almas a um modo de vida aburguesado e relaxado, fá-las indiferentes e esquecidas dos destinos eternos. E o melhor sinal de que estamos no caminho certo é o desprezo e as chacotas de que formos alvos: "Se fôsseis do mundo", diz Jesus, "o mundo gostaria daquilo que lhe pertence. Mas, porque não sois do mundo, porque Eu vos escolhi e apartei do mundo, o mundo por isso vos odeia." Esvaziemo-nos, pois, de nós mesmos e enchamo-nos de Cristo, que nos fez ver as mentiras em que jaz este mundo decaído. Apoiados na sua Graça e confiantes na sua misericórdia, esforcemo-nos por alcançar os nossos irmãos que, ainda embriagados do mundo, também são chamados a, morrendo para esta vida temporal, nascerem para a vida que não terá fim.

Material para Download

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.