CNP
Christo Nihil Praeponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

358. Seremos julgados pelo amor

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
(Lc 12, 54-59)

Naquele tempo, Jesus dizia às multidões: "Quando vedes uma nuvem vinda do ocidente, logo dizeis que vem chuva. E assim acontece. Quando sentis soprar o vento do sul, logo dizeis que vai fazer calor. E assim acontece. Hipócritas! Vós sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu. Como é que não sabeis interpretar o tempo presente? Por que não julgais por vós mesmos o que é justo? Quando, pois, tu vais com o teu adversário apresentar-te diante do magistrado, procura resolver o caso com ele enquanto estais a caminho. Senão ele te levará ao juiz, o juiz te entregará ao guarda, e o guarda te jogará na cadeia. Eu te digo: daí tu não sairás, enquanto não pagares o último centavo."

Utilizando-se da interpretação tão simples e comum do tempo meteorológico, Nosso Senhor quer dar um recado a todos nós: "Hipócritas! Vós sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu. Como é que não sabeis interpretar o tempo presente?". Nos últimos dias, repetidas vezes o Senhor nos tem chamado de hipócritas, e muito está enganado quem, julgando ser apenas um artifício retórico, lhe dá pouca importância. As palavras do Senhor nunca são ao acaso; e aqui, o objetivo de Jesus não é outro senão arrancar as nossas máscaras de fingimento. Dentre aquela multidão à qual Jesus se dirigia, muitos simulavam não compreender as palavras do Senhor, pois não queriam mudar de vida, embora tivesse chegado para eles a Salvação. E nós? Tanto já ouvimos os ensinamentos de Cristo e da Igreja, e tanto ainda fingimos não compreender, esquivando-nos da necessária conversão que o Senhor nos pede! Por isso, ao contar em seguida a parábola dos que se encaminham para o juiz, Jesus nos alerta para o quanto esta vida é séria: estamos caminhando para o juízo de Deus, no qual seremos julgados pelo amor. Preparemo-nos, portanto! Não sejamos hipócritas, dissimulados, fingidos! Sabemos bem o que o Senhor nos pede: Ele quer a nossa conversão; Ele quer o nosso amor.

Download do Material

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.