CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
(Lc 10, 17-24)

Naquele tempo, os setenta e dois voltaram muito contentes, dizendo: “Senhor, até os demônios nos obedeceram por causa do teu nome”.

Jesus respondeu: “Eu vi Satanás cair do céu, como um relâmpago. Eu vos dei o poder de pisar em cima de cobras e escorpiões e sobre toda a força do inimigo. E nada vos poderá fazer mal. Contudo, não vos alegreis porque os espíritos vos obedecem. Antes, ficai alegres porque vossos nomes estão escritos no céu”.

Naquele momento, Jesus exultou no Espírito Santo e disse: “Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste essas coisas aos sábios e inteligentes, e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado.

Tudo me foi entregue pelo meu Pai. Ninguém conhece quem é o Filho, a não ser o Pai; e ninguém conhece quem é o Pai, a não ser o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar”.

Jesus voltou-se para os discípulos e disse-lhes em particular: “Felizes os olhos que veem o que vós vedes! Pois eu vos digo que muitos profetas e reis quiseram ver o que estais vendo, e não puderam ver; quiseram ouvir o que estais ouvindo, e não puderam ouvir”.

V. 20. Não vos alegreis porque os espíritos vos obedecem. Antes, ficai alegres porque vossos nomes estão escritos no céu. — Não os proíbe o Senhor de se alegrarem por terem aos seus pés os espíritos malignos (tal alegria, com efeito, é lícita e honesta e, por isso, grata a Deus e gloriosa), senão que os adverte para que não não se alegrem tanto do poder que têm sobre eles quanto de sua própria predestinação, graça e glória, dado que a) ter poder sobre os demônios é uma graça carismática (gratis data), que tem em vista o bem da Igreja e, por isso, pode às vezes ser concedida a pecadores e réprobos, como foi o caso de Judas (cf. Mt 7, 22), ao passo que a predestinação inclui a graça santificante e conduz o homem à bem-aventurança. — b) Além do que, como diz Eutímio, alegrar-se em excesso pelos dons carismáticos pode facilmente degenerar-se em soberba, enquanto a alegria de saber-se em graça tem como fruto a gratidão a Deus e maior fervor da caridade. — c) Em terceiro lugar, expulsar demônios e operar milagres não é, como diz S. Beda, mérito do homem, mas efeito da virtude divina; ao contrário, ninguém tem o nome escrito no céu senão aquele que o merece ou há de merecer. — d) Por fim, o poder de expulsar demônios foi dado aos discípulos, não para a utilidade deles, mas dos outros; o ter, contudo, o próprio nome escrito nos céus, como diz Teofilacto, é o que de mais útil pode suceder ao homem, predestinado à bem-aventurança eterna [1].

Referências

  1. Extraído de Cornélio a Lapide, Commentaria in S. Scripturam. Neapoli, 1857, vol. 8, pp. 579-580.
Material para Download
Texto do episódioMaterial para downloadComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.