CNP
Christo Nihil Praeponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
(Lc 11, 37-41)

Naquele tempo, enquanto Jesus falava, um fariseu convidou-o para jantar com ele. Jesus entrou e pôs-se à mesa. O fariseu ficou admirado ao ver que Jesus não tivesse lavado as mãos antes da refeição. O Senhor disse ao fariseu: "Vós fariseus, limpais o copo e o prato por fora, mas o vosso interior está cheio de roubos e maldades. Insensatos! Aquele que fez o exterior não fez também o interior? Antes, dai esmola do que vós possuís e tudo ficará puro para vós".

No Evangelho de hoje, o Senhor nos dá uma lição humilhante, mas salvífica.

Ao ver Jesus pôr-se à mesa sem antes lavar as mãos, violando a 'tradição dos antigos' (Mt 15, 2; Mc 7, 3; Ex 40; Lv 15; Nm 19), começa o fariseu a ponderar em seu íntimo aquele gesto. Contudo, poder-se-ia esconder um mínimo pensamento dAquele que sonda o abismo e o coração, e penetra em todas as suas astúcias (Eclo 42, 18)? Disse-lhe Jesus: "Vós, fariseus, limpais o copo e o prato por fora, mas o vosso interior está cheio de roubos e maldades". Aqui, os fariseus têm desmascarada a sua hipocrisia, cujo significado diz respeito a alguém que atua 'sob uma máscara' (ὑποκριτής, hupokrités). Ou seja, em vez de os fariseus buscarem um interior purificado e transformado pelo amor de Deus acima de tudo e o amor misericordioso do próximo, preocupam-se com uma religiosidade que se resume a práticas exteriores, onde o que se quer não é agradar a Deus, mas aos outros. Não se encontram assim muitos de nós? Sobre esse tipo de religiosidade, advertiu em outro lugar o Senhor: Hipócritas! É bem de vós que fala o profeta Isaías: Este povo somente me honra com os lábios; seu coração, porém, está longe de mim (Mt 15, 7-8). Que entranhada a Caridade do Salvador, que não nos quer perder! Desmascarando, dessa forma, a hipocrisia dos fariseus, desmascara também a nossa e nos liberta, a fim de que reflitamos Aquele de quem somos imagem. Batamos, pois, no peito e digamos: Sim, ó Senhor, é bem de nós que fala o profeta Isaías! Perdoai-nos, e concedei-nos um coração puro, para amar-Vos acima de tudo e em todos os irmãos amar-Vos!

Download do Material

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.