CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
(Mt
9, 27-31)

Naquele tempo, partindo Jesus, dois cegos o seguiram, gritando: "Tem piedade de nós, filho de Davi!" Quando Jesus entrou em casa, os cegos se aproximaram dele. Então Jesus perguntou-lhes: "Vós acreditais que eu posso fazer isso?"

Eles responderam: "Sim, Senhor". Então Jesus tocou nos olhos deles, dizendo: "Faça-se conforme a vossa fé". E os olhos deles se abriram. Jesus os advertiu severamente: "Tomai cuidado para que ninguém fique sabendo". Mas eles saíram, e espalharam sua fama por toda aquela região.

Jesus Cristo é o Redentor anunciado pelos profetas; Ele é o Rei e Senhor (cf. Sl 2; 44; 109; Zc 9, 9) que Deus prometera a seu povo, o Príncipe da paz (cf. Is 9, 6) que viria a este mundo para instaurar em Israel um reino em que não haveria dores, sofrimentos e males. Jesus mesmo deu testemunho de sua missão e personalidade messiânicas não apenas por palavra, mas sobretudo por obras (cf. Jo 5, 36; 10, 37s; 14, 11; 15, 24) — como a cura dos dois cegos a que hoje assistimos no Evangelho —, sinais claros que manifestam e dão prova de sua origem e majestade divinas (cf. Jo 2, 11; 11, 40). Este mesmo Senhor, que veio outrora como Servo sofredor (cf. Is 53) e carregado de opróbrios, a fim de confundir a soberba e vã sabedoria dos homens, continua a vir a cada um de nós, mas nem sempre da maneira em que nós O esperamos: não em consolações e sucessos, não em facilidades e vitórias, mas na presença misericordiosa do sofrimento e da cruz, dos fracassos e das derrotas.

Este tempo de Advento, tempo de espera pela vinda do Salvador, é uma ocasião preciosa que devemos aproveitar para, pedindo-o na oração, conformarmos nossa vontade à de Deus, para transformarmos em amor todas as dores e tribulações que Ele mesmo amorosamente nos enviar. Roguemos hoje à Virgem Imaculada, Mãe de misericórdia e Mãe dolorosa, que nos alcance a graça de, a exemplo de seu Filho, vivermos este Advento com espírito de penitência e reparação, suportando alegre e pacientemente as cruzes com que prepararemos nosso encontro com Cristo neste próximo Natal.

Material para Download
Texto do episódio
Material para download
Comentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.