CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

Aproveite a nossa maior promoção do ano!

Descontos regressivos:
quanto antes você assinar, maior o desconto. A partir de 45% na assinatura anual.

  • Descontos diminuem com o tempo;
  • Quanto antes você assinar, maior o desconto;
  • Mais de 40 cursos à sua disposição;
  • Acesso a transmissões exclusivas para alunos;
  • Participação nos sorteios de assinaturas vitalícias (de 14 a 21 de novembro);
Assine agora
  • 38
  • 39
  • 40
  • 41
  • 42
  • 43
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
(Lc 2,36-40)

Naquele tempo, havia também uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era de idade muito avançada; quando jovem, tinha sido casada e vivera sete anos com o marido.

Depois ficara viúva, e agora já estava com oitenta e quatro anos. Não saía do Templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações. Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém. Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor, voltaram à Galileia, para Nazaré, sua cidade. O menino crescia e tornava-se forte, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele.

I.

Havia também uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era de idade muito avançada; quando jovem, tinha sido casada e vivera sete anos com o marido. Depois ficara viúva, e agora já estava com oitenta e quatro anos. Não saía do Templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações. Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém.

Considera 1.º que o evangelista refere em detalhes cada uma das obras desta santa matrona; para que aprendas que tanto as obras do justo quanto suas circunstâncias são por Deus atentamente vistas e notadas. 

Considera 2.º que os magos foram levados a Cristo pela estrela; os pastores, pelo anúncio dos anjos; mas estes santos anciãos, Simeão e Ana, só pelo instinto interno do Espírito Santo. Com efeito, os homens podem converter-se a Cristo de três modos: a) graças à pregação da palavra de Deus, pela qual são movidos os mais simples, i.e. os que ouvem e meditam o que lhes dizem os pregadores da Igreja; b) por sinais, pois não raro os ricos, os eruditos e os que se creem mais sábios do que realmente são só mudam de vida à força, ou por verem algum prodígio, ou por serem assaltados por Deus com algum infortúnio, como foi o caso de São Paulo; c) aos homens piedosos e retos basta muita vez a inspiração interna.

Considera 3.º as virtudes que adornavam a alma desta santa matrona, escolhida por Cristo como testemunha de seu advento, para que, imitando-a, dês testemunho de Cristo com a vida e por palavras: a) Ana, o que significa Graciosa, para que sejas cheio de graça divina; b) profetisa, à qual Deus quis revelar seus mistérios; c) filha de Fanuel, nome que significa Rosto de Deus, para que tenhas sempre diante dos olhos a Deus, de cujo rosto emana a graça como do sol a luz; d) da tribo de Aser, o que é o mesmo que bem-aventurado, com o que se significa a piedade dos pais e a boa educação da filha; e) elogia-se a castidade antes do matrimônios, no matrimônio e na viuvez de muitos anos; indica-se ainda que Ana foi levada a casar-se somente pelo costume da Lei, razão por que, depois da morte prematura do marido, guardou-se em casta viuvez até a velhice; f) ia assiduamente ao Templo, onde vivia em comunidade com outras santas mulheres, como num mosteiro, e servia a Deus dia e noite; g) viva a jejuar, rezar e fazer vigílias, porque a oração é levada aos céus pelo jejum, enquanto as vigílias, i.e. a perseverança e a constância tornam a Deus propício. Não se faz qualquer menção à esmola, para que entendas que, naquele sagrado colégio de mulheres, tudo era comum, de forma que a distribuição das esmolas cabia à superiora da família.

Considera 4.º que ela confessava a Deus, i.e. reconhecia o Menino como Senhor, e o anunciava como Senhor de todas as coisas, dando-lhe graças por sua vinda ao mundo: E falava dele a todos os que esperavam a redenção de Israel. Aprendes assim que a multidão de justos daquela época fora ao Templo por inspiração divina, onde tiveram a admirável consolação de contemplar o Messias e sua Mãe virginal, consolação intensificada por Simeão e por Ana, que com espírito profético anunciavam a verdade aos homens e as mulheres, respectivamente. Para que tomes parte nessa alegria, põe-te entre os que esperam a redenção de Israel. Que o mundo te seja pesado e molesto nem desejes nada mais ardentemente do que desfazer-se para estar com Cristo. — Roga à Santíssima Mãe de Deus que te alcance de Cristo, seu Filho, essa graça e te traga um santo desgosto da vida presente.

II.

Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor, voltaram à Galileia, para Nazaré, sua cidade.

Considera 1.º que voltaram primeiro a Belém, donde partiram mais tarde, obrigados a fugir para o Egito; tendo voltando de lá, foram a Nazaré fixar residência. De fato, a Mãe Santíssima amava o estábulo e presépio que acolhera o Senhor recém-nascido; tu, portanto, aprende a alegrar-te e agradar-te da humildade de Cristo. — Considera 2.º que não voltaram a casa sem antes observar todos os ritos prescritos pela Lei de Deus, para que não tenhas maior cuidado que a observância dos Mandamentos divinos. — Considera 3.º as santas conversas que Maria e José tiveram ao longo da viagem sobre o que tinham visto e ouvido em Jerusalém. Enquanto falavam eles, o Menino Jesus, nos braços ora de um, ora de outro, vertia-lhes suavemente na alma o doce e oculto orvalho de sua graça. — Roga, pois, à tua Mãe santíssima que te alcances de seu Filho esse mesmo espírito de contemplação.

Notas

  • Tradução de Frans de Costere, SJ, in: A. J. Haehnlein (ed.), Mariologia. Wirceburgi, sumptibus Stahelianis, 1859, p. 104ss.
Texto do episódio
Comentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.