CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

Como agir diante dos sucessores de Judas?

Mesmo que estejamos vendo a miséria dos que agem como sucessores de Judas, não podemos esquecer que, antes de tudo, eles são “ungidos do Senhor”, e como tais devem ser tratados com reverência. Diante dos maus pastores, a verdadeira atitude católica consiste em resistir aos seus erros e injustiças, mas sempre com piedade filial.

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Ao contrário do que alguns pensam, Nosso Senhor não errou na escolha dos Doze Apóstolos. Judas Iscariotes, que a Sagrada Escritura chama de “filho da perdição”, foi sabiamente escolhido por Cristo como Apóstolo, para que nós, diante dos maus pastores, não nos desesperemos, mas tenhamos a certeza de que o Senhor está acima deles e não nos deixará desamparados.

Além disso, mesmo que estejamos vendo a miséria daqueles que agem como sucessores de Judas, não podemos esquecer que, antes de tudo, eles são “ungidos do Senhor”, e como tais devem ser tratados com reverência. Por isso, diante dos maus pastores, a verdadeira atitude católica consiste em resistir aos seus erros e injustiças, mas sempre com piedade filial.

Esta homilia foi feita pelo Padre Paulo Ricardo neste domingo, dia 19 de janeiro de 2024, durante Missa matutina na Paróquia Cristo Rei, de Várzea Grande (MT).

O que achou desse conteúdo?

0
0
Mais recentes
Mais antigos
Texto do episódio
Comentários dos alunos