O Juízo derradeiro e universal
CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

O Juízo derradeiro e universal

Nós confessamos no Credo niceno que Jesus Cristo “de novo há de vir em sua glória, para julgar os vivos e os mortos”. Mas, se cada pessoa é julgada e sentenciada imediatamente depois que morre, que necessidade haveria de um julgamento derradeiro para todos os homens?

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos
(Mc 13,24-32)

Naquele tempo, Jesus disse a seus discípulos: “Naqueles dias, depois da grande tribulação, o sol vai se escurecer, e a lua não brilhará mais, as estrelas começarão a cair do céu e as forças do céu serão abaladas.

Então vereis o Filho do Homem vindo nas nuvens com grande poder e glória. Ele enviará os anjos aos quatro cantos da terra e reunirá os eleitos de Deus, de uma extremidade à outra da terra.

Aprendei, pois, da figueira esta parábola: quando seus ramos ficam verdes e as folhas começam a brotar, sabeis que o verão está perto. Assim também, quando virdes acontecer essas coisas, ficai sabendo que o Filho do Homem está próximo, às portas.

Em verdade vos digo, esta geração não passará até que tudo isto aconteça. O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não passarão. Quanto àquele dia e hora, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas somente o Pai”.

Poucos assuntos são alvo de tantas especulações e desconfianças quanto o fim dos tempos e a segunda vinda de Cristo. Entre o excesso de credulidade e a falta de fé, porém, há um terreno seguro onde nós católicos podemos caminhar, sem medo de pisar em falso. Uma dessas certezas é a de que, sim, Jesus “de novo há de vir em sua glória, para julgar os vivos e os mortos”, como dizemos no Credo niceno. Mas, se cada pessoa é julgada e sentenciada imediatamente depois que morre, que necessidade haveria de um julgamento derradeiro para todos os homens? Nesta homilia, Padre Paulo Ricardo explica os porquês do Juízo Final, fortalecendo nossa esperança de ver plenamente manifestadas, um dia, a justiça e a bondade de Deus.

Material para Download
Texto do episódioMaterial para downloadComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.