CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

Pare de agir como biruta!

É bom ser um católico cumpridor dos próprios deveres, fiel às suas obrigações religiosas, profissionais, cívicas etc. No entanto, observar os Mandamentos não é o bastante se queremos ser perfeitos, santos como Deus é santo, semelhantes a Cristo o máximo que nos for possível.

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
(Mt 19,16-22)

Naquele tempo, alguém aproximou-se de Jesus e disse: “Mestre, que devo fazer de bom para possuir a vida eterna?” Jesus respondeu: “Por que me perguntas sobre o que é bom? Um só é o Bom. Se queres entrar na vida, observa os mandamentos”. O homem perguntou: “Quais mandamentos?” Jesus respondeu: “Não matarás, não cometerás adultério, não roubarás, não levantarás falso testemunho, honra teu pai e tua mãe, e ama teu próximo como a ti mesmo”.

O jovem disse a Jesus: “Tenho observado todas essas coisas. Que ainda me falta?” Jesus respondeu: “Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens, dá o dinheiro aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me”. Quando ouviu isso, o jovem foi embora cheio de tristeza, porque era muito rico.

O Evangelho de hoje é o Evangelho do jovem rico, e Jesus diz ao jovem rico: “Se tu queres ser perfeito”. Essa palavra é uma dessas palavras tremendas do Evangelho, que entram na nossa alma como uma espada.

Nós temos muita gente boa neste mundo. “Muita”também é exagero… Existe um percentual de pessoas boas neste mundo. Imagine que essas pessoas — e eu espero que você esteja entre elas — estão em estado de graça, vão à Missa todos os domingos, pagam o seu dízimo, cumprem suas missões, rezam o Terço, cuidam dos filhos, não querem saber de vida mundana. Ou seja, fazem tudo o que é necessário para ser salvo, que é exatamente a preocupação do jovem rico: “Mestre, o que devo fazer de bom para possuir a vida eterna?”

Existem muitas pessoas boas neste mundo que vão ser salvas. Mas é para essas pessoas boas, para você que vai à Missa, cumpre os Mandamentos, faz todos os seus deveres católicos, que Jesus diz do íntimo de sua alma: “Se queres ser perfeito”. Mas a questão é: nós queremos?… Olhemos de perto. Como é a vida das pessoas? As pessoas tem o seu check-list e marcam nele: “Ah, eu preciso começar o dia, rezar, levar as crianças à escola, ir ao banco e ao cartório, resolver tal coisa, pagar o seguro de saúde, ir ao médico, tomar o remédio…”. Ou seja, são dez milhões de coisas, entre as quais há Jesus, há Deus. Com essas dez milhões de coisas, sua vida é como a de uma biruta.

O que é uma biruta? É aquele sinalizador dos aeroportos, um saco sem fundo que vai mostrando para que direção vai o vento. A vida é como uma “biruta” quando buscamos inúmeras coisas sem nenhum norte. É o contrário da bússola, que nos dá uma referência, indicando o único necessário, que é Jesus. Normalmente vamos despachando as coisas da vida, e nossas decisões oscilam a todo momento entre o norte, o sul, o leste ou o oeste. Não temos uma bússola. Não temos algo que indique a razão de tudo que fazemos.

Precisamos, portanto, redirecionar nossas vidas para Cristo, fazendo tudo por Ele, com Ele e para Ele: “Amar minha mulher, por amor a Jesus; cuidar dos meus filhos, por amor a Jesus”. Inclusive nas situações adversas, precisamos dizer: “Farei, por amor a vós, Senhor”.

Eis aí. “Se queres ser perfeito, vai e vende tudo”. Vender tudo significa fazer tudo com Jesus. Renunciemos a nós mesmos e deixemos de lado essa postura de querer ser o centro de tudo. Nesse check-list, tem uma coisa que está sempre presente: o nosso ego. “Eu sou o salvador da minha esposa, eu sou a felicidade dos meus filhos, eu sou o cara mais competente no trabalho, eu tenho de cuidar da minha saúde, eu tenho de resolver meu relacionamento com Jesus, eu tenho de ir para o Céu. Eu, eu, eu…”. É preciso parar com isso e renunciar a nós mesmos, senão ficaremos como birutas! Então, a palavra que penetra e entra, como a espada de dois gumes, em nosso coração no dia de hoje é: “Se queres ser perfeito”. Mas, de fato, queremos?

Texto do episódio
Comentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.