CNP
Christo Nihil Praeponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

350. Solenidade de Nossa Senhora da Conceição Aparecida

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João
(Jo 2, 1-11)

Naquele tempo, houve um casamento em Caná da Galileia. A mãe de Jesus estava presente. Também Jesus e seus discípulos tinham sido convidados para o casamento. Como o vinho veio a faltar, a mãe de Jesus lhe disse: "Eles não têm mais vinho".

Jesus respondeu-lhe: "Mulher, por que dizes isto a mim? Minha hora ainda não chegou". Sua mãe disse aos que estavam servindo: "Fazei o que ele vos disser!".

Estavam seis talhas de pedra colocadas aí para a purificação que os judeus costumam fazer. Em cada uma delas cabiam mais ou menos cem litros. Jesus disse aos que estavam servindo: "Enchei as talhas de água!". Encheram-nas até a boca. Jesus disse: "Agora tirai e levai ao mestre-sala!". E eles levaram. O mestre-sala experimentou a água que se tinha transformado em vinho. Ele não sabia de onde vinha, mas os que estavam servindo sabiam, pois eram eles que tinham tirado a água.

O mestre-sala chamou então o noivo e lhe disse: "Todo mundo serve primeiro o vinho melhor e, quando os convidados já estão embriagados, serve o vinho menos bom. Mas tu guardaste o vinho bom até agora!" Este foi o início dos sinais de Jesus. Ele o realizou em Caná da Galileia e manifestou a sua glória, e seus discípulos creram nele.

Com grande júbilo e gratidão, celebramos hoje a Solenidade da Rainha e Padroeira do Brasil, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, sob cujo patrocínio humildemente nos refugiamos. Foi em outubro de 1717, pelas redes de três simples pescadores, que se deu o aparecimento milagroso e tão ditoso da singela imagem da Imaculada Conceição, nas águas do rio Paraíba. Seguiu-se daí uma sequência de prodígios acompanhados de uma devoção sempre crescente, e não há como não ver, em toda essa história quase tricentenária, o sinal concreto e humilde do zelo materno de Nossa Senhora pelos filhos desta Terra de Santa Cruz! Zelo e amor claramente demonstrados no Evangelho de hoje, onde a Virgem socorre com sua intercessão aqueles necessitados, assim como deseja fazer conosco, e diz, apontando para o Seu Divino Filho: "Fazei tudo o que ele vos disser". Neste dia solene para a nossa nação, aprendamos a lição da Virgem Maria e façamos também nós o que ela sempre fez: ouvir o Verbo de Deus e fazer tudo que Ele nos disser (Lc 1, 38. 11, 28).

Download do Material

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.