Por que não sou protestante

Geralmente, quando debatem entre si, católicos e protestantes pressupõem que têm a mesma fé em Jesus Cristo, tomando isso como ponto de partida para o diálogo ecumênico. As discussões sempre se concentram em outros assuntos – dos quais parece haver uma lista interminável – e fica a impressão de que estaríamos de acordo no que é essencial, discordando apenas nas coisas que são acidentais.

Mas será mesmo assim? Onde está realmente a base das controvérsias entre católicos e protestantes? Qual é a verdadeira razão que impede os católicos de deixarem a sua posição "intransigente" e adotarem a posição aparentemente mais evangélica e liberal do protestantismo?

Neste curso especial de férias, você vai descobrir, a partir da doutrina tradicional da Igreja e da teologia de Santo Tomás de Aquino, qual é o princípio "desprotestantizante", a razão fundamental que torna inaceitável todo o protestantismo, desde 1517 até os dias de hoje.

Será uma oportunidade para oferecer uma resposta sincera e profunda das razões de nossa fé católica. Como sacerdote católico, o Padre Paulo Ricardo convida seus alunos e filhos espirituais a um diálogo diante de Deus e de sua própria consciência: por que, afinal, eu não sou protestante?

Estas aulas não pretendem ser um alimento à curiosidade vã ou a um acirrar desnecessário de ânimos, mas um "alimento sólido" para os católicos e um "cartão de visitas" a todos os que querem conhecer, com respeito e sinceridade, a razão de nossa alegria e de nossa esperança (cf. 1 Pd 3, 15).