CNP
Christo Nihil Praeponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

589. “Ai de ti!”

A ira e a misericórdia são as duas formas em que se expressa o único e infinito amor de Deus. Ele, que por pura bondade premia os justos com a alegria eterna do Céu, castiga também os maus com as penas intermináveis do Inferno.

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
(Mt
11, 20-24)

Naquele tempo, Jesus começou a censurar as cidades onde fora realizada a maior parte de seus milagres, porque não se tinham convertido.

"Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! Porque, se os milagres que se realizaram no meio de vós, tivessem sido feitos em Tiro e Sidônia, há muito tempo elas teriam feito penitência, vestindo-se de cilício e cobrindo-se de cinza.

Pois bem! Eu vos digo: no dia do julgamento, Tiro e Sidônia serão tratadas com menos dureza do que vós. E tu, Cafarnaum! Acaso serás erguida até o céu? Não! Serás jogada no inferno! Porque, se os milagres que foram realizados no meio de ti tivessem sido feitos em Sodoma, ela existiria até hoje! Eu, porém, vos digo: no dia do juízo, Sodoma será tratada com menos dureza do que vós!"

Jesus mostra-nos hoje como se arriscam a perecer no fogo do Inferno os que rejeitam a Ele e a pregação dos Apóstolos. Lembremo-nos, antes de mais, que o contexto em que está inserido este Evangelho é o sermão com que Jesus dá aos discípulos, escolhidos há pouco, as instruções sobre como levar a Palavra ao restante de Israel. "Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida", recrimina Ele as cidades impenitentes, que, tendo visto uma multidão de prodígios e escutado as maravilhas da pregação evangélica, não quiseram converter-se. "Por isso te digo: no dia do juízo, haverá menor rigor para Sodoma do que para ti". E o diz Aquele que poucos versículos à frente irá declarar: "Eu sou manso e humilde de coração" (Mt 11, 29). Pois a ira de que o Senhor é aqui tomado contra os que O rejeitam nada mais é do que uma manifestação de sua entranhada misericórdia. É por amar-nos e querer-nos sentados à mesa do banquete celestial que Ele nos adverte: "Serás jogada no inferno!"; é por ter-nos tão presentes em seu Coração adorável e Sagrado que Ele não poupa palavras, duras mas verdadeiras, para espicaçar a nossa consciência e fazer-nos acordar para a dramática situação em que nos pomos ao desprezá-lO: "Acaso serás erguida até o céu? Não!" Como filhos bons e obedientes, ouçamos com temor as censuras justíssimas que hoje, por boca de seu Filho unigênito, nos dirige o Pai altíssimo, que premia os bons com a felicidade eterna do Céu e castiga os maus para sempre com as penas intermináveis do Inferno. Não percamos tempo; convertamo-nos nesta hora de misericórdia, antes que chegue o momento da justiça. — Santa Maria, Mãe de Deus, Virgem clemente, rogai por nós!

Download do Material
Texto do episódioDownload do áudio e textoComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.