CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos
(Mc 3, 13-19)

Naquele tempo, Jesus subiu ao monte e chamou os que ele quis. E foram até ele. Então Jesus designou Doze, para que ficassem com ele e para enviá-los a pregar, com autoridade para expulsar os demônios. Designou, pois, os Doze: Simão, a quem deu o nome de Pedro; Tiago e João, filhos de Zebedeu, aos quais deu o nome de Boanerges, que quer dizer “Filhos do trovão”; André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o cananeu, e Judas Iscariotes, aquele que depois o traiu.

Há poucos momentos na história da humanidade que sejam mais importantes e decisivos do que a escolha dos doze Apóstolos: “Naquele tempo”, anuncia-nos hoje a Santa Igreja, “Jesus subiu ao monte e chamou os que Ele quis”, escolheu aqueles cujo apostolado mudaria, de fato, o curso da história humana. Trata-se de doze homens sobre os quais se ergueria o novo Israel, o novo povo de Deus. Antes, sob a vigência do Antigo Testamento, para pertencer ao povo eleito era necessário descender de algum dos doze filhos de Jacó; agora, sob o signo da nova e eterna Aliança, o povo eleito é formado por aqueles que, escolhidos livremente por Cristo, são chamados antes de tudo “para ficar com Ele”, ou seja, para ter um relacionamento íntimo — de conversão e oração — que se transfigure depois em obras de amor, em apostolado. A primeira coisa que deve fazer o fiel que deseja sair em missão, portanto, é saber estar com Jesus: o primeiro passo do apóstolo, nesse sentido, não é para fora, esparramando-se no mundo, mas para dentro, encontrando-se com Deus no interior de si mesmo. Não caiamos no erro, tão comum nos tempos que correm, de sacrificar o único necessário — nossa santificação pessoal por meio da oração silenciosa e solitária aos pés do Senhor — a favor de um atividade apostólica agitadiça e desorientada, incapaz de levar aos outros Aquele que nos recusamos conhecer intimamente.

Material para Download
Texto do episódioMaterial para downloadComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.