54. Governo Dilma prepara-se para implantar aborto no Brasil

Versão áudio

Nos debates ocorridos entre os candidatos à Presidência da República, nas últimas eleições, o tema que se destacou foi a descriminalização do aborto. Deve estar bastante viva na memória de cada brasileiro, cristão ou não, o que a então candidata, Dilma Rousseff, declarou em 16 de outubro de 2010: sou pessoalmente contra o aborto e defendo a manutenção da legislação atual . Essa fala ocorreu porque, segundo ela, estava sendo vítima de uma “sórdida campanha de difamação”, uma vez que estava sendo questionada acerca de seu posicionamento a favor do aborto, tratando-o como caso de saúde pública. Certamente todos se recordam.

E possível que ela realmente tenha mudado de opinião e que tenha se tornado contrária à legalização do aborto. Contudo, a verdade é que o governo não precisa realmente mudar a legislação atual para que o aborto venha a ser implantado no país. Isso pode acontecer facilmente por meio do ativismo judicial e a implantação das normas técnicas do executivo.

Lenta e gradualmente, o Brasil está sendo vítima de um golpe de estado de veludo, caminhando rumo a uma ditadura, pois o governo atual está solenemente desprezando o Congresso Nacional. Ele não precisa daquela casa de leis quando tem ao seu lado o Supremo Tribunal Federal. O ponto mais alto do Judiciário agora decide quem é ser humano e quem não é, agora decide quem é que pode e quem é que não pode ser abortado, ou seja, os maiores juízes do Brasil, inexoravelmente, tomam para si aquilo que na verdade compete ao Legislativo, interpretando, aplicando, e pior, confeccionando novas leis, em suma, praticando o ativismo judicial. Como no caso recente dos anencéfalos, quando o STF decidiu que não é crime abortá-los, contrariando a legislação vigente de que o aborto é um crime, mas que em certos casos a pena desse crime não é aplicada. Contudo, o aborto não deixa de ser crime.

Não bastasse este ativismo judicial, o governo atual está se utilizando do expediente da implantação das normas técnicas do Executivo. No dia 06 de junho de 2012, o Secretário de Atenção à Saúde, o Sr. Helvécio Magalhães, afirmou em entrevista à Folha de São Paulo que o Sistema Único de Saúde passará a acolher mulheres que desejam fazer o aborto e a orientá-las sobre como proceder corretamente, pois o crime é “fazer” o aborto, mas prestar informações não. Percebam o absurdo da situação: a mulher que desejar abortar será orientada pelo Governo a adquirir remédios abortivos nas farmácias e quando chegar a hora será submetida à curetagem e sucção por algum Hospital público. Trata-se de uma assistência pré e pós-aborto, o crime a mulher praticará sozinha.

Se a Presidente Dilma Rousseff de fato quisesse manter a legislação vigente acerca do aborto, como afirmou quando era candidata, ela não teria outra alternativa que não executar a lei. Contudo, não é o que parece. Parece que ela quer mesmo é driblar a lei, governar sem lei, por cima da lei. Estamos diante de fatos de suma gravidade, pois o país está às vésperas de assistir ao genocídio de milhares e milhares de crianças. E preciso reagir como brasileiro.

O povo brasileiro é contra o aborto, e não só isso, as mulheres brasileiras têm abortado cada vez menos. Em uma pesquisa realizada pela Universidade de Brasília, no ano de 2010, descobriu-se que, de cada 02 abortos provocados no Brasil, 01 precisa de internação médica. Estatisticamente, cerca de 100 mil mulheres no Brasil cometem aborto. E um número muito diferente daquele propagado pelo governo que fala em 1.500.000 mulheres. E mais, nos últimos 04 anos o número de internações tem diminuído em 12%.

Mas, qual é a intenção real por trás dessa ânsia do governo em aprovar e incentivar o aborto apesar da vontade do povo ser outra? O que faz com que este governo mascare números e passe por cima da legislação vigente?

Trata-se de atender uma agenda internacional, cujo cumprimento converte-se em verbas. Grandes fundações, como a Ford e a Rockefeller, financiam a implantação do aborto em inúmeros países, inclusive no Brasil.

O que é possível fazer para conscientizar as pessoas do perigo que está rondando o país?

  1. Divulgue para todos de sua lista e-mail esse vídeo explicativo. Toda a sua rede de amigos deve ser mobilizada em favor desse movimento contra a implantação do aborto no Brasil. Contatando a sua lista de endereços, indicando esse vídeo no site padrepauloricardo.org todos encontrarão um extenso material comprovando o que aqui foi dito e que deverá ser estudado para que se ter subsídios, argumentos para informar e discutir.
  2. Se você é cristão entre em contato com seu Bispo, com seu Pastor, com seu líder religioso. Estamos juntos nesta batalha contra o aborto. Faça o download do documento com todo o histórico dos fatos, imprima e informe os superiores do que está acontecendo e peça um posicionamento.
  3. Entre em contato com o Congresso Nacional, escreva para o seu Deputado, nos endereços abaixo mencionados fazendo duas solicitações:
    1. Que detenha o Executivo na implantação das normas técnicas que vão contra a legislação em vigor;
    2. Que se posicione contra o ativismo judicial e o informe de que você (eleitor) apóia os Recursos nº 147/2012 e 148/2012 que visam deter justamente o ativismo judicial;
  4. Entre em contato com a Casa Civil e o Ministério da Saúde, mostrando o seu descontentamento para com o Executivo, explicando que sabe o que está acontecendo e que quer que sejam tomadas as seguintes providências, de forma urgente:
    1. Que seja demitida imediatamente a Ministra da Secretaria de Política para Mulheres , sra. Eleonora Menicucci, defensora confessa do aborto;
    2. Que seja demitido imediatamente o Secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, o Sr. Helvécio Magalhães;
    3. Que o Governo cancele imediatamente os convênios que o Ministério da Saúde tem com os grupos de estudos para a implantação do aborto no Brasil.

Que Deus nos abençoe a todos nesta luta contra a praga do aborto que insiste em assolar o nosso país, nossas famílias, nossa legislação e os poderes que compõe a soberania dessa Nação. Vamos à luta!

Clique aqui para baixar a documentação citada no vídeo.

Atenção: Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do site padrepauloricardo.org. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário que julgarmos inoportuno ou que não esteja de acordo com a política do site.

EpisódioTítuloDuraçãoData
77Por que sou Católico?25:51Abril 20, 2015
76A armadilha da misericórdia14:55Novembro 28, 2014
75A tragédia das almas retardatárias14:06Maio 23, 2014
74Conselhos de três grandes santas da Igreja para você14:18Janeiro 17, 2014
73Aliança política entre católicos e evangélicos10:59Dezembro 12, 2013
72O alerta de Maria para o Brasil09:56Novembro 11, 2013
71Como Padre Paulo Ricardo se tornou um devoto de Maria01:04:59Outubro 16, 2013
70Padre Pio e "la Madonna"25:47Setembro 23, 2013
69O neoprotestantismo dentro da Igreja Católica08:57Agosto 14, 2013
68O marxismo e a destruição das famílias21:42Julho 26, 2013
67Esclarecimento sobre a PLC 03-201310:31Julho 18, 2013
66A um passo do aborto16:10Julho 10, 2013
65Manifestantes, estão usando vocês!08:42Junho 25, 2013
64A lógica do casamento gay foi criada pelos heterossexuais19:12Junho 05, 2013
63Esforçai-vos para entrar pela porta estreita19:14Abril 18, 2013
62Como estamos comungando?17:46Março 21, 2013
61Pecados, escândalos e a santidade da Igreja Imaculada19:50Março 11, 2013
60A renúncia do Papa Bento XVI14:55Fevereiro 15, 2013
59Nossa Senhora do Bom Sucesso17:41Fevereiro 01, 2013
58As Novelas e a Engenharia Social13:46Novembro 22, 2012
57O grave pecado da indolência14:21Novembro 01, 2012
56O governo federal e as organizações que trabalham para legalização do aborto15:14Julho 30, 2012
55Estamos em guerra!13:54Julho 05, 2012
54Governo Dilma prepara-se para implantar aborto no Brasil16:36Junho 28, 2012
53Os crucifixos nos tribunais de justiça12:12Junho 21, 2012
52O verdadeiro espírito do Concílio Vaticano II19:57Maio 18, 2012
51A armadilha para o celibato dos padres19:01Abril 19, 2012
50O caminho para a desobediência ao Papa10:26Abril 13, 2012
49A difamação contra Pio XII14:12Março 22, 2012
48Teólogos da corte15:59Março 09, 2012
47Feminismo, o maior inimigo das mulheres17:22Fevereiro 03, 2012
46A segunda decolagem23:46Janeiro 13, 2012
45Mensagem de Natal09:20Dezembro 25, 2011
44Como reagir diante das perseguições que a Igreja sofre?12:56Dezembro 16, 2012
43O Santo Rosário15:52Novembro 24, 2011
42Bons e maus sacerdotes21:43Novembro 03, 2011
41Rock in Rio – Pe. Paulo Ricardo responde às críticas30:16Outubro 13, 2011
40Rock in Rio e o orgulho dos porcos30:22Outubro 06, 2011
39Missão às avessas23:28Setembro 29, 2011
38O que realmente mudou depois do 11 de Setembro?18:38Setembro 16, 2011
37Gigante Adormecido18:38Setembro 08, 2011
36Legalização do aborto no Brasil14:22Setembro 02, 2011
35Jornada Mundial da Juventude 201136:11Agosto 25, 2011
34Abortos Ocultos27:04Agosto 19, 2011
33Crise da Paternidade22:14Agosto 11, 2011
32Presbíteros e o Reino de Deus16:57Agosto 04, 2011
31Pudor e modéstia18:34Julho 28, 2011
30Comunhão eucarística diária e confissão frequente13:52Julho 20, 2011
29Devoção à Santíssima Virgem Maria21:07Julho 14, 2011
28Fidelidade ao Santo Padre18:04Julho 06, 2011
27O poder paralelo dentro da Igreja – II26:47Junho 23, 2011
26O poder paralelo dentro da Igreja34:44Maio 15, 2011
25O Purgatório14:39Junho 02, 2011
24Covardia21:26Maio 28, 2011
23Ressurreição de Jesus22:39Maio 12, 2011
22Homossexualismo e a Ideologia Gay17:57Maio 07, 2011
21A Igreja e o desarmamento24:35Abril 27, 2011
20Como ir para o inferno? - Parte 214:54Abril 20, 2011
19Como ir para o inferno? - Parte 117:25Abril 12, 2011
18Fraternidade e Vida no Planeta - Parte 215:20Abril 07, 2011
17Fraternidade e Vida no Planeta - Parte 135:17Março 23, 2011
16Crises na Fé50:20Março 03, 2011
15Guerra Cultural48:40Janeiro 31, 2011
14Encontro de Assis39:10Janeiro 20, 2011
13Provações da Igreja30:22Dezembro 09, 2010
12Duas Igrejas01:03:16Dezembro 02, 2010
11Papa e os preservativos40:09Novembro 25, 2010
10Paz ou Pacifismo?58:40Novembro 17, 2010
9A Batalha pela vida34:54Novembro 03, 2010
8Satanás e o Aborto35:01Outubro 01, 2010
7Pastores e não cães mudos28:39Setembro 21, 2010
6Reforma da reforma litúrgica37:43Setembro 15, 2010
5Repensar a Ressurreição?33:09Setembro 01, 2010
4Não somos melhores que os outros34:34Agosto 25, 2010
3Todas as religiões são iguais?37:48Agosto 18, 2010
2O meu pároco é da Teologia da Libertação radical! E agora?36:43Agosto 11, 2010
1A virtude de não ser politicamente correto28:41Agosto 02, 2010