CNP
Christo Nihil Praeponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
(Lc 10, 38-42)

Naquele tempo, Jesus entrou num povoado, e certa mulher, de nome Marta, recebeu-o em sua casa. Sua irmã, chamada Maria, sentou-se aos pés do Senhor, e escutava sua palavra. Marta, porém, estava ocupada com muitos afazeres. Ela aproximou-se e disse: "Senhor, não te importas que minha irmã me deixe sozinha, com todo o serviço? Manda que ela me venha ajudar!" O Senhor, porém, lhe respondeu: "Marta, Marta! Tu te preocupas e andas agitada por muitas coisas. Porém, uma só coisa é necessária. Maria escolheu a melhor parte e esta não lhe será tirada".

Ao nos desapegarmos das riquezas deste mundo por amor a Deus, passamos a sentir-nos como os pobres de espírito que efetivamente somos. Pois é quando descobrimos que Cristo é e sempre será o nosso único necessário que começamos a querer estar com Ele, a ter sede e fome de sua companhia e de seus dons espirituais. De Martas agitadas, metidas entre panelas e preocupações, transformamo-nos em Marias, que se comprazem em, sem dizer palavra, estar aos pés do Senhor. Foi o que sucedeu, de forma bastante concreta e expressiva, com São Francisco de Assis, cuja memória temos hoje a alegria de celebrar. Jovem ambicioso e mundano, Francisco deu-se conta de que todos os bens que este desterro lhe poderia proporcionar, longe de serem fonte de consolação, eram antes motivos de agitação, de preocupação desnecessária. Decidido pois a viver o Evangelho em sua pureza — sine glossa —, Francisco deixou tudo para entregar-se inteiramente a Cristo; abandonou, assim, o "amor" das criaturas para corresponder ao amor dAquele amado tão ingratamente desprezado e esquecido pelo coração dos homens. Invoquemos hoje a intercessão do santo poverello de Assis e peçamos-lhe que nos alcance do Senhor a graça de, pondo de lado as vaidades do mundo, termos o coração e a vontade repousados nEle, o único necessário de nossas almas sedentas de amor e verdade.

Download do Material

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.