CNP
Christo Nihil Praeponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

292. Renúncia, a essência do cristianismo

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
( Mt
16, 24-28)

Naquele tempo, Jesus disse aos discípulos: "Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz e me siga. Pois quem quiser salvar a sua vida vai perdê-la; e quem perder a sua vida por causa de mim, vai encontrá-la.
De fato, de que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro mas perder a sua vida? Que poderá alguém dar em troca de sua vida? Porque o Filho do Homem virá na glória do seu Pai, com os seus anjos, e então retribuirá a cada um de acordo com a sua conduta. Em verdade vos digo: Alguns daqueles que estão aqui não morrerão antes de verem o Filho do Homem vindo com seu Reino".

No Evangelho de ontem, Cristo revelou a Simão Pedro os sofrimentos que, para a nossa salvação, Ele ainda havia de suportar; no de hoje, revela-nos a nós, resgatados pela efusão de seu preciosíssimo sangue, a necessidade de renunciarmos ao "homem velho" que vive dentre de nós e, renascidos pela morte do Batismo, tomarmos a nossa cruz e O seguirmos: "Se alguém quer me seguir", ordena o Senhor, "renuncie a si mesmo, tome sua cruz e me siga". A estas exigentes palavras resume-se, por assim dizer, a essência da religião cristã, pois não é possível ser discípulo de Jesus quem, de sua parte, não quer percorrer os caminhos por que Ele mesmo quis passar. De fato, assim como o Filho do Homem muito teve de sofrer na mão dos chefes do povo, a fim de que, pela sua Paixão, fôssemos livres da escravidão do demônio e do pecado, assim também cada fiel tem de saber carregar suas cruzes diárias, que, embora causem sim dor e sofrimento, são o meio por que o nosso querido Deus-Pai quer conduzir-nos à glória da Ressurreição do seu bem-amado Filho. Peçamos pois a Nosso Senhor que nos dê graça e força para, configurados a Ele, podermos passar com fé e coragem as páscoas que nesta vida nos ajudam a nascer para a glória do Céu.

Download do Material

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.