CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Conteúdo exclusivo para alunos
Assine agora
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Escravidão Digital

A experiência de Agostinho

Já vimos como, na árdua missão de eliminar a adicção às telas, a alma é uma arma muito mais potente que o lobo central, no cérebro. 

Há uma outra arma, no entanto, ainda mais poderosa e eficaz, nesse combate: a graça divina. É o que nos mostra a vida e a conversão de Santo Agostinho.

imprimir

Recapitulando

Relembramos, na última aula, o caminho traçado até aqui, desde o conhecimento do cérebro até o entendimento do que seja alma, arma muito mais potente que o lobo central nesta árdua missão de eliminar o vício. Agora, é preciso dizer que existe uma outra arma ainda mais poderosa e eficaz: a graça divina. Não será possível, neste curso, tratar desse assunto exaustivamente, mas vale citar, à guisa de exemplo, o testemunho de um grande Doutor da Igreja: Santo Agostinho. 

Santo Agostinho e a graça

Santo Agostinho nasceu na África romana e recebeu ali, na infância, a típica formação clássica, baseada no trivium e quadrivium. Mais velho, vendo-se um jovem bem educado e talentoso, decidiu ir para Roma tentar a carreira de retor. Os retores eram homens cultos, peritos em oratória, dotados de um notável poder de convencimento, que os cidadãos romanos contratavam para defendê-los em demandas jurídicas — e por isso a profissão rendia bastante dinheiro. 

Agostinho tornou-se um retor dos bons. No entanto, em Roma, ele travou contato com uma obra filosófica de Cícero chamada Hortensio. Ali, o jovem bem formado, de vasta cultura, que já...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos