CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Conteúdo exclusivo para alunos
Assine agora
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Escravidão Digital

Saindo da caverna

O famoso mito da caverna, de Platão, fala de homens aprisionados, acostumados a ver apenas a sombra do mundo real, projetada na parede de seu cativeiro. Ora, alguém tem dúvidas de que a nossa caverna, hoje, é o celular e as novas tecnologias? 

A internet, as redes sociais, as plataformas digitais, nos revelam apenas uma sombra da realidade. E esta nos entretém, nos hipnotiza e termina por nos afastar da própria realidade. Felizmente, porém, existe um caminho de saída, que passa pelo uso da nossa inteligência.

imprimir

Nossa caverna

É bastante conhecido o mito da caverna de Platão. A alegoria fala de homens que, aprisionados em uma caverna, de costas para a saída, acostumaram-se a ver apenas a sombra do mundo real, projetada na parede do cativeiro. Ora, hoje, a nossa caverna, é o celular, o computador. A internet, as redes sociais, as plataformas nos revelam apenas uma sombra da realidade que nos entretém, nos hipnotiza e que termina por nos afastar da realidade mesma. 

No conto do filósofo, um dos prisioneiros consegue arrebentar as cadeias e escapa da caverna. Seu primeiro contato com a luz do sol é doloroso; muito lhe custa abrir os olhos. Depois, quando se acostuma, vê pela primeira vez as dimensões, as cores, os movimentos, em uma palavra: o mundo real. Deslumbrado, volta para contar as novidades aos amigos, ansioso por levá-los também à contemplação da luz. Os companheiros, já há tanto tempo habituados com a falsidade das sombras, tomam o liberto por louco e terminam o matando. 

Ora, também nós, na nossa escravidão digital, temos dificuldade em acreditar que há um mundo para além das telas. Pois, olhar para esse mundo exige mudança, cobra esforços,...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos