CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

As rosas de Santa Teresinha

Lembrar hoje a morte desta grande santa, a maior dos tempos modernos, é na verdade celebrar o seu nascimento para o céu, donde ela espalha o bem sobre a terra, alcançando-nos de Deus as rosas da graça divina, sem a qual somos incapazes de amar.

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
(Lc
9, 43b-45)

Naquele tempo, todos estavam admirados com todas as coisas que Jesus fazia. Então Jesus disse a seus discípulos: "Prestai bem atenção às palavras que vou dizer: O Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens". Mas os discípulos não compreenderam o que Jesus dizia. O sentido lhes ficava escondido, de modo que não podiam entender; e eles tinham medo de fazer perguntas sobre o assunto.

Há cento e vinte anos falecia na enfermaria do Carmelo de Lisieux, com apenas 24 anos de idade, um dos maiores doutores que já ilustraram a Igreja de Cristo com a sua doutrina e o exemplo de sua santidade: S. Teresinha do Menino Jesus, chamada por ninguém menos que S. Pio X "a maior santa dos tempos modernos". S. Teresinha, no dizer de Pio XII, apresentou-nos em sua vida e escritos o Evangelho como se o tivera redescoberto com grande beleza e frescor, e a sua ida para o céu, em 30 de setembro de 1897, é para nós um farol, uma luz que nos indica como tem de ser a nossa vida cristã, apostólica e sacrificada: "Quero passar o meu céu a espalhar o bem sobre a terra". Só poderia tê-lo dito uma alma cujo coração se unira a Deus, no recolhimento da oração, sem deixar de olhar com imenso amor para as pessoas que não têm quem reze por elas. Teresinha recolhera-se no claustro para, com silenciosa intercessão, evangelizar o mundo e salvar as almas; agora, que ela foi recolhida por Deus no Carmelo do céu, recebemos por suas súplicas constantes, dirigidas diretamente à sagrada face de Nosso Senhor, uma multidão de rosas — de curas, conversões, graças de santificação, de auxílio para carregarmos as cruzes do dia-a-dia. Que a oração da bem-aventurada Teresinha do Menino Jesus nos alcance, pois, a graça de amarmos já aqui na terra o Deus a quem contemplaremos por toda a eternidade no céu.

Material para Download
Texto do episódioMaterial para downloadComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.