101. Por que não sou protestante?

Versão áudio

É muito comum encontrar pessoas que tiveram a graça de nascer em uma família católica, mas que ainda não fizeram uma opção consciente pela sua fé, achando que tanto faz pertencer à Igreja Católica ou a qualquer outra comunidade cristã, mesmo que seja protestante.

São Pedro nos exorta a estarmos sempre prontos a dar a razão da nossa esperança a quem a pedir. Então, por que afinal somos católicos, e não protestantes? Você saberia responder esta pergunta?

Neste episódio do programa "Ao vivo com Padre Paulo Ricardo", queremos oferecer aos católicos uma meditação sobre a nossa fé.


É muito comum encontrar pessoas que tiveram a graça de nascer em uma família católica, mas que ainda não fizeram uma opção consciente pela sua fé, achando que tanto faz pertencer à Igreja Católica ou a qualquer outra comunidade cristã, mesmo que seja protestante. São Pedro nos exorta: “Estai sempre prontos a dar a razão da vossa esperança a todo aquele que a pedir" [1]. Afinal, por que somos católicos, e não protestantes?

Em primeiro lugar, é importante entender como e por que os protestantes se separaram da Igreja. O século XVI foi um período muito difícil, principalmente por conta do fenômeno do “renascimento", que foi o retorno do paganismo à cultura da Europa. Com a tomada de Constantinopla pelos turcos otomanos, muitas pessoas que viviam no Oriente vieram para o Ocidente, levando manuscritos não só da filosofia clássica, como também da mitologia grega. Imersos nas histórias e valores da Antiguidade pagã, os homens dessa época - também os da Igreja -, experimentaram um arrefecimento na fé. O clero encontrava dificuldades para viver o celibato e era constantemente agitado por jogos de poder e preocupações políticas.

Os reformadores protestantes, como Martinho Lutero, João Calvino e Ulrich Zwinglio, vendo a triste situação em que se encontravam os homens da Igreja, quiseram empreender uma mudança, mas, no fim, acabaram mutilando a Igreja. Eles tentaram fazer uma reforma prescindindo da fé na Igreja e acabaram criando um dualismo, pelo qual aceitavam a Igreja invisível, mas rejeitavam qualquer instituição visível, que não passaria de criação humana.

É por isso que os protestantes não ficam escandalizados quando um pastor briga com outro e decide fundar outra igreja. Para eles, Jesus veio a este mundo, deixou a sua mensagem, que está na Bíblia, e todos estão entregues à sua própria interpretação das Escrituras. Se não há, como postula a doutrina do livre exame, nenhuma autoridade humana que interprete fielmente a Bíblia, então, todos se tornam autoridades legítimas para interpretá-la; cada crente é o seu próprio Magistério. Assim, a cada intérprete autorizado da Bíblia, abre-se uma nova igreja, sem nenhum escrúpulo. Para entrar em contato com a Igreja invisível - que é a única que existe -, ou eles recorrem aos carismas - como fazem os pentecostais - ou à interpretação livre das Escrituras. As “igrejas visíveis" existem tão somente para que as pessoas congreguem e se ajudem mutuamente, mas nada disso é fundado por Deus, senão pelos homens.

No fim, toda essa doutrina protestante chega a um beco sem saída. Pois, se tudo o que é visível não passa de invenção dos homens, o que dizer das Escrituras que, tendo como autor último o Espírito Santo, têm, no entanto, autores verdadeiramente humanos, de carne e osso? O que dizer das Escrituras, que foram estabelecidas como verdadeiras justamente pela autoridade da Igreja Católica, como diz Santo Agostinho: “Ego vero Evangelio non crederem, nisi me catholicae Ecclesiae commoveret auctoritas - Quanto a mim, não acreditaria no Evangelho se não me movesse a isso a autoridade da Igreja Católica" [2]? Ora, cortar da árvore do Credo a fé na Igreja é serrar o próprio galho em que se está sentado.

Para resolver o seu dilema, os protestantes acabaram se dividindo em duas correntes principais. A primeira, mais tradicional, crê que basta recorrer ao texto literal para se chegar à verdadeira interpretação da Bíblia. A experiência histórica comprova que esse método “realista" não funciona: milhares de protestantes ao redor do mundo interpretam de forma diferente as Escrituras. Para aceitar como verdadeiro o livre exame, ter-se-ia que admitir ou que Deus fala várias coisas divergentes entre si - o que não é possível - ou que todos, mesmo com opiniões contrárias, falam a verdade - o que é igualmente impossível. Por isso, o livre exame é muito difícil de se sustentar.

Alguns teólogos, principalmente a partir do século XIX, vendo a fragilidade dessa doutrina, procederam à investigação histórica e científica das Escrituras, procurando identificar as interpolações, gêneros literários e acréscimos presentes na Bíblia. Ao fazê-lo, porém, esqueceram-se do todo coerente que são as Escrituras e fragmentaram-na em um “mosaico de pequenas teologias". Olhando de longe para uma redutiva figura de “Jesus histórico", perderam de vista a fé no Verbo que irrompeu na história dos homens.

Enquanto eles olham para um Jesus distante e pensam que, quanto mais o tempo passa, menos precisos são seus apontamentos, nós, católicos, ao contrário, à medida que o tempo passa, temos cada vez mais certeza de nossa fé. Porque, ainda que os tempos, os lugares e os estilos mudem, uma só é a Palavra que sai da boca dos santos e doutores da Igreja: Jesus. De fato, nós cremos que a Palavra de Deus não é um livro, mas uma pessoa que “se fez carne e veio morar entre nós" [3]. Cremos também que essa realidade da Encarnação continua na Igreja, que é o Corpo Místico de Cristo [4] e o que garante a interpretação autêntica das Sagradas Escrituras.

Olhando para o organismo vivo da Igreja, para os seus Concílios e Papas, para a vida dos santos e todos os seus ensinamentos, é impossível não dirigir uma imensa ação de graças a Deus, por nos dar a graça de ser como anões no ombro de gigantes. Que alegria é ser católico e saber que não é preciso inventar um novo caminho, mas já existe um, deixado por Cristo e muito bem “pavimentado, iluminado e policiado" pelos santos da Igreja de Deus.

De fato, a verdadeira história da Igreja é feita por esses homens e mulheres que devotaram toda a sua vida à vontade de Deus. Muitos querem estudar a história eclesiástica, mas o fazem a partir das personagens corruptas e pecadoras, que foram justamente as primeiras a trair a Igreja. Ora, qualquer pessoa que se proponha a contar a história da própria família, fá-lo-á narrando os episódios de quem entregou o seu sangue por ela ou contando as histórias dos que a abandonaram? Quem se propõe a conhecer a arquitetura, começa estudando os prédios que caíram ou os que deram certo? Do mesmo modo, não se estuda a história da Igreja senão pela via dos santos e mártires, que entregaram a sua vida por ela [5].

A religião protestante, no entanto, não acredita na santidade. Eles se recusam a crer que um ser humano possa se santificar em vida ou mesmo ser invocado após a sua morte, ignorando que nada, absolutamente, pode nos separar do amor de Cristo [6].

Uma só é a Igreja de Cristo. Não existem várias, apenas uma. Enquanto os próprios protestantes assumem que as congregações a que pertencem são meras fundações humanas, nós, católicos, cremos firmemente que a Igreja Católica é de instituição divina e que nenhuma das fragilidades e dos pecados dos homens pode macular a sua santidade real, concreta e visível nos Sacramentos e na doutrina e na vida de seus santos. E cremos que esse organismo vivo existe e continuará a existir até o fim dos tempos, porque “as portas do inferno não prevalecerão contra ela" [7].

Referências

  1. 1 Pd 3, 15
  2. Contra Epistulam Manichaei quam vocant fundamenti 5. 6: PL 42, 176. Apud Catecismo da Igreja Católica, 119
  3. Jo 1, 14
  4. Cf. Jo 15, 5; At 9, 4-6; 1 Cor 12, 12-27
  5. É a esse fim que se propõe o curso de História da Igreja medieval, do nosso site. Torne-se já nosso aluno e comece a assistir às aulas.
  6. Cf. Rm 8, 35
  7. Mt 16, 18

Atenção: Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do site padrepauloricardo.org. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário que julgarmos inoportuno ou que não esteja de acordo com a política do site.

EpisódioTítuloDuraçãoData
176Maria depois de Pentecostes--:--Junho 05, 2017
175Uma conversa sobre Matrimônio53:19Maio 27, 2017
174O Imaculado Coração triunfará!47:56Maio 15, 2017
173O milagre dos Pastorinhos20:18Maio 11, 2017
172As santas crianças de Nossa Senhora de Fátima48:01Maio 08, 2017
171Moleque ignorante!39:22Abril 24, 2017
170A tríplice vitória de Cristo51:04Abril 17, 2017
169A Paixão de Cristo e a Compaixão da Virgem41:41Abril 03, 2017
168Será que eu tenho uma alma?01:07:17Março 26, 2017
167Qual é a missão de um pai?41:15Março 20, 2017
166O Abortoduto47:33Março 06, 2017
165Um novo Cavalo de Troia50:46Fevereiro 17, 2017
164Como lidar com o sofrimento?50:48Fevereiro 13, 2017
163A Igreja e os anticoncepcionais01:02:38Janeiro 16, 2017
162O aborto e a falácia dos números51:13Dezembro 19, 2016
161Ministro do Supremo admite: “Não devemos satisfação a ninguém”27:26Dezembro 12, 2016
160A “suprema” das injustiças43:51Dezembro 05, 2016
159O Ano da Virgem Maria48:22Novembro 27, 2016
158“Moda” não, mudança de vida!56:07Novembro 18, 2016
157Politizando a Bíblia59:42Novembro 11, 2016
156As deploráveis Terceiras Moradas50:59Novembro 04, 2016
155Aprenda a rezar o Terço01:10:30Outubro 28, 2016
154Diálogo com os namorados01:01:10Outubro 20, 2016
153A conversão de Santa Teresa d'Ávila57:40Outubro 16, 2016
152Santa Elisabete da Trindade01:02:19Outubro 10, 2016
151Projeto Terceira Morada58:54Outubro 03, 2016
150Direção espiritual às famílias58:15Setembro 09, 2016
149Como Ser Família53:24Agosto 26, 2016
148Maria e a nossa vida de oração47:10Agosto 21, 2016
147Aprenda a rezar rezando, com Padre Paulo Ricardo57:47Agosto 08, 2016
146A Oração, de Santo Afonso de Ligório01:06:06Agosto 01, 2016
145São Luís Martin54:19Julho 11, 2016
144Santa Zélia Martin58:13Julho 04, 2016
143A vida de São Luís Gonzaga58:31Junho 20, 2016
14210 Anos de Apostolado57:50Maio 16, 2016
141Senhor, ensina-nos a orar!49:01Abril 18, 2016
139Páscoa: misericórdia ou justiça?01:05:32Março 28, 2016
138Projeto Segunda Morada58:14Janeiro 03, 2016
137O Natal da Misericórdia52:10Dezembro 20, 2015
136A vida de São João da Cruz01:15:13Dezembro 13, 2015
135Beato Miguel Pro, sacerdote e mártir58:42Novembro 22, 2015
134A Medalha Milagrosa55:07Novembro 15, 2015
133A vida de nossas mulheres e crianças em nossas mãos!56:10Outubro 18, 2015
132Sínodo sobre as Famílias: o que podemos esperar?01:03:43Outubro 04, 2015
131Santa Teresinha: Doutora de Vida01:00:11Setembro 27, 2015
130A paixão do Padre Pio de Pietrelcina59:39Setembro 20, 2015
129Sínodo: o que os Bispos precisariam saber...01:08:41Setembro 13, 2015
128A vida de São Felipe Neri01:03:39Julho 19, 2015
127Redução da maioridade penal01:00:10Julho 12, 2015
126Crise econômica e vida espiritual55:04Julho 05, 2015
125Apostólico ou mundano?01:00:22Junho 28, 2015
124A ideologia de gênero e o Estado totalitário57:12Junho 21, 2015
123As Escrituras e a vida espiritual01:03:20Junho 07, 2015
122A Ideologia de Gênero nos Planos Municipais de Educação01:02:25Maio 31, 2015
12150 anos do Concílio Vaticano II: vocação universal à santidade01:01:05Maio 26, 2015
120Ano Santo da Misericórdia01:02:10Maio 20, 2015
119O líder cristão01:08:41Maio 07, 2015
118Padres podem caçar?48:06Abril 14, 2015
117A vida de Santa Teresa d'Ávila01:09:57Março 31, 2015
116O glorioso São José01:11:20Março 18, 2015
115O Reino dos Céus é dos violentos!01:00:47Março 16, 2015
114Família: escola de santidade59:24Março 04, 2015
113A vida consagrada01:11:04Fevereiro 09, 2015
112Igreja paralela? Seita?48:44Janeiro 09, 2015
111Conversa com os alunos sobre as doenças espirituais01:06:28Dezembro 16, 2014
110O Fim está próximo?01:01:53Dezembro 05, 2014
109Música Litúrgica01:08:28Novembro 27, 2014
108E o capitalismo?58:15Novembro 19, 2014
107Guerra cultural: como vencer o projeto marxista de poder52:03Novembro 11, 2014
106O papel da Igreja no mundo político55:18Novembro 05, 2014
105Mais 4 anos de PT...52:43Outubro 29, 2014
104Igreja em crise?01:03:06Outubro 16, 2014
103Sínodo sobre a Família01:00:07Outubro 09, 2014
102Na presença dos anjos!52:31Outubro 02, 2014
101Por que não sou protestante?01:15:33Setembro 30, 2014
100Conversa com os alunos01:06:38Setembro 18, 2014
99A oração da “Ave Maria”58:25Setembro 11, 2014
98As Sagradas Escrituras e a nossa vida espiritual01:05:24Setembro 07, 2014
97Conversa com os alunos01:01:33Setembro 03, 2014
96Ordenar homens casados: solução ou problema?01:07:07Agosto 12, 2014
95O santo sacerdócio de João Maria Vianney 01:02:34Agosto 12, 2014
94Terapia das Doenças Espirituais01:07:29Agosto 02, 2014
93A vida extraordinária de São Charbel Makhluf01:03:04Julho 22, 2014
92Idolatria e sexo desordenado01:17:02Julho 15, 2014
91A Espiritualidade Carmelitana e a Virgem Maria59:03Julho 08, 2014
90Papista!01:04:35Julho 06, 2014
89Herodes e Pilatos ficaram amigos!53:46Junho 17, 2014
88Sou católico e estou na universidade! E agora? 01:04:17Junho 16, 2014
87A Docilidade ao Espírito Santo45:02Junho 09, 2014
86A Mãe do Salvador e a Nossa Vida Interior01:08:17Maio 08, 2014
85A Divina Misericórdia50:57Abril 28, 2014
84São José de Anchieta53:07Abril 09, 2014
83O drama dos casais em segunda união01:01:23Abril 03, 2014
82A respeito da recepção da Comunhão Eucarística por fiéis divorciados novamente casados01:02:11Março 26, 2014
81O Espiritismo é cristão?59:37Março 16, 2014
80A Penitência Quaresmal58:57Fevereiro 27, 2014
79Oração: a porta da santidade52:32Fevereiro 19, 2014
78A impressionante história de Nossa Senhora de Lourdes56:41Fevereiro 17, 2014
77Madre Mariana, amiga e confidente de Nossa Senhora do Bom Sucesso59:15Fevereiro 10, 2014
76Dom Bosco e as três alvuras da fé católica 53:07Janeiro 26, 2014
75Educação sexual das crianças e adolescentes57:16Janeiro 20, 2014
74A história de uma alma56:09Janeiro 13, 2014
73A defesa da família no Congresso Nacional 50:43Dezembro 16, 2013
72Dies Iræ: uma meditação sobre o fim dos tempos59:11Dezembro 02, 2013
71PLC 122: o projeto de destruição da família54:53Novembro 21, 2013
70Maria e o Vaticano II55:18Novembro 13, 2013
69A última Confissão54:52Novembro 07, 2013
68A Resposta Católica53:02Outubro 31, 2013
67As finalidades e os efeitos da Santa Missa 01:02:51Outubro 24, 2013
66Sexo ou gênero?53:41Outubro 06, 2013
65O Senhor dos Anéis01:06:04Setembro 25, 2013
64O novo Código Penal e as ameaças à vida e à família49:47Setembro 17, 2013
63O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota57:24Setembro 11, 2013
62Satanás e os seus demônios55:23Setembro 04, 2013
61O Missal de Paulo VI e a hermenêutica da continuidade 41:39Agosto 27, 2013
60O missal de Paulo VI e a reforma da reforma litúrgica de Bento XVI01:11:15Agosto 22, 2013
59A Quaresma de São Miguel e o auxílio dos anjos40:36Agosto 14, 2013
58Fora da Igreja existe salvação?56:48Agosto 06, 2013
57A Jornada Mundial da Juventude e as palavras de Francisco42:38Julho 30, 2013
56Papa Francisco no Brasil e a Jornada Mundial da Juventude57:29Julho 24, 2013
55Os perigos do veto parcial do PLC 03/2013 39:27Julho 18, 2013
54O perigo das falsas conversões30:51Julho 01, 2013
53O quadro político do Brasil59:31Julho 01, 2013
52As manifestações no Brasil55:54Junho 19, 2013
5145 anos da Humanae Vitae55:15Maio 30, 2013
50Modéstia: Como as mulheres devem se portar (II)18:43Maio 20, 2013
49Modéstia: Como as mulheres devem se portar (I)37:16Maio 20, 2013
48Virgindade e Espiritualidade34:04Maio 08, 2013
47Maternidade50:44Abril 24, 2013
46Feminilidade: o que está acontecendo com as mulheres?58:21Abril 16, 2013
45A dignidade da mulher58:39Abril 10, 2013
44A Santíssima Eucaristia59:14Abril 01, 2013
43Preparação para Páscoa "Victimae Paschali Laudes"55:37Março 26, 2013
42Papa Francisco e a Liturgia de Bento XVI (II)30:54Março 20, 2013
41Papa Francisco e a liturgia de Bento XVI (I)39:33Março 19, 2013
40O Conclave54:04Março 13, 2013
39Como ainda crer na santidade da Igreja?58:30Março 05, 2013
38Os últimos dias de Bento XVI 01:01:32Fevereiro 28, 2013
37A renúncia do Santo Padre e próximo conclave51:42Fevereiro 19, 2013
36A Infância de Jesus28:30Dezembro 18, 2012
35O ódio ao feminino49:15Novembro 27, 2012
34Masculinidade: o que está acontecendo com os homens de Deus?58:01Novembro 20, 2012
33Masculinidade: o que está acontecendo com os homens?59:44Novembro 13, 2012
32Doenças espirituais: o que são e como combatê-las52:58Novembro 06, 2012
31O Ano da Fé59:18Outubro 24, 2012
30Os Mártires de Hoje47:44Outubro 08, 2012
29Estudo do documento "Nova Estratégia Mundial do Aborto" (VI)38:59Outubro 01, 2012
28Estudo do documento "Nova Estratégia Mundial do Aborto" (V)46:55Setembro 24, 2012
27Estudo do documento "Nova Estratégia Mundial do Aborto" (IV)43:23Setembro 17, 2012
26Estudo do documento "Nova Estratégia Mundial do Aborto" (III)55:59Setembro 10, 2012
25Estudo do documento "Nova Estratégia Mundial do Aborto" (II)01:01:07Setembro 03, 2012
24A Nova Estratégia Mundial do Aborto (I)48:14Agosto 27, 2012
23Nova Ordem Mundial: a maior ameaça ao Cristianismo57:51Agosto 20, 2012
22Nova Ordem Mundial26:19Agosto 13, 2012
21Lançamento do DVD "Antropologia e Escatologia"58:11Agosto 05, 2012
20São Felipe Neri: "Prefiro o paraíso"41:07Julho 30, 2012
19A vida em risco49:09Julho 16, 2012
18Dom Eugênio Sales, uma escola de fidelidade47:56Julho 09, 2012
17O preço da fidelidade40:47Julho 02, 2012
16A presença de São Pedro em Roma36:10Junho 25, 2012
15O Gnosticismo em nosso meio01:03:27Junho 18, 2012
14Exame de consciência: 20 anos de sacerdócio49:47Junho 11, 2012
13Crise na Igreja01:08:16Junho 04, 2012
12Marxismo Cultural e o Comunismo01:13:28Fevereiro 07, 2012
11Ó admirável intercâmbio!26:03Dezembro 22, 2011
10Ó Emanuel!01:22:52Dezembro 16, 2011
9PL122 - A lei da mordaça gay01:20:04Dezembro 05, 2011
8Teologia e espiritualidade do Advento e do Natal38:50Novembro 28, 2011
7Conversão e a luta contra o pecado01:01:15Novembro 24, 2011
6Presença real de Jesus na Eucaristia01:06:48Novembro 17, 2011
5O Inferno01:07:31Novembro 10, 2011
4E agora, para onde vamos?01:06:20Novembro 02, 2011
3A vida de São Pio de Pietrelcina01:05:55Setembro 20, 2011
2O protestantismo01:05:55Setembro 12, 2011