CNP
Christo Nihil Praeponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

1. Que tipo de roupas devo usar para ir à Missa?

Neste breve vídeo, Padre Paulo Ricardo dá uma orientação importante aos católicos, respondendo que roupas devemos usar para participar da Santa Missa. Nós, que nos preparamos com tanto cuidado para as festas mundanas, tantas vezes esquecemos de nos preparar dignamente para o banquete do Cordeiro!

Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

Que roupas deve um fiel católico escolher para ir à Santa Missa?

Antes de responder a essa pergunta, é importante que levemos em conta a finalidade com que nos vestimos. O teólogo e cardeal Caetano († 1534), conhecido comentador de Santo Tomás de Aquino, diz haver no vestuário quatro fins [1]:

  1. O primeiro é físico, pelo que usamos determinadas roupas para nos protegermos do frio, por exemplo;
  2. O segundo é moral, pelo que nos vestimos para cobrirmos a nossa nudez;
  3. O terceiro é estético, pelo que nos vestimos para manter uma boa aparência; e
  4. O quarto, por fim, é social, pelo que devemos conservar a dignidade e a decência de nosso estado, trajando roupas apropriadas.

Quando consideramos, antes de qualquer coisa, a nossa dignidade e alta vocação como cristãos, facilmente se entende por que devemos nos vestir dignamente sempre, independentemente da ocasião que se apresente. Somos filhos de Deus chamados à santidade e, por isso, não deveríamos jamais usar uma roupa que atentasse contra essa identidade e missão.

Quanto às roupas que devemos escolher para ir à igreja, é preciso ter em conta que a celebração da Santa Missa não é um ato privado, mas um culto público prestado a Deus. Deve ser atendida, portanto, a finalidade social das vestes, pela qual não nos apresentamos só de acordo com a dignidade da nossa pessoa, mas também conforme a dignidade do lugar para o qual vamos e do ato de que tomaremos parte.

E o que é o altar de nossas igrejas, senão o lugar onde o próprio Deus Se faz presente na Hóstia consagrada? Que é a Santa Missa, senão o mais elevado ato de culto que podemos oferecer a Deus? Que significa comungar, senão entrar em comunhão com o próprio Deus encarnado, ainda nesta vida?

Por tudo isso, façamos um exame de consciência e um propósito. Nós, que nos vestimos com tanto zelo para as festas mundanas, tantas vezes esquecemos de nos preparar dignamente, com simplicidade e modéstia, para o banquete do Cordeiro! Na próxima vez que formos à Santa Missa, não nos esqueçamos de servir a Deus também com o nosso modo de vestir, trazendo nas roupas aquilo que já levamos no íntimo de nossos corações: o desejo profundo de amá-Lo e entrar em comunhão com Ele.

Referências

  1. ROYO MARÍN, Antonio. Teología moral para seglaresI, Moral fundamental y especial. 4. ed. Madrid: Biblioteca de Autores Cristianos, 1973, p. 380.

Download do Material
Texto do episódioDownload do áudio e textoComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.