CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

Participe do nosso aniversário!

  • O aniversário é nosso, mas o presente é seu. Confira as ofertas:
  • Inscreva-se com 40% de desconto no plano anual;
  • Oportunidade de assinatura vitalícia. Um único pagamento para estudar conosco para sempre.
Assine agora
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Conteúdo exclusivo para alunos
Assistir à aula
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Direção Espiritual: a Jornada

Meditação passo a passo

Um dos exercícios espirituais mais importantes no início da vida de perfeição é a meditação. O problema é que, hoje em dia, são poucas as pessoas que sabem meditar, e pouquíssimas as que sabem ensinar a meditar. Afinal, o que é meditação? Como aprender a fazê-la passo a passo, sem complicações desnecessárias?

1316

Em sentido amplo, chamamos de meditação todo ato da inteligência pelo qual se busca uma verdade de modo discursivo, isto é, por meio de raciocínios; contemplação, por sua vez, é a visão admirada de alguma verdade. Essa é a definição que dá às palavras o místico e filósofo Ricardo de São Vítor: “Meditação é a estudiosa investigação de uma verdade oculta. Mas uma coisa é a meditação, outra a contemplação. À meditação cabe perscrutar o que está oculto; à contemplação, admirar o que foi descoberto” (De exterminio mali 2.1.15). Antes dele já dissera o Pseudo-Agostinho: “Contemplação é a alegre admiração de uma verdade perspícua” (De spiritu et anima 38), ou seja, feita evidente ou clara para a inteligência.

Ora, à meditação e à contemplação, consideradas como exercícios espirituais para progredir nas virtudes, devemos acrescentar ainda o papel correspondente à vontade, e assim completamos suas respectivas definições: a meditação espiritual é o exercício das potências interiores da alma (inteligência, vontade e imaginação) no qual refletimos sobre alguma verdade religiosa, a fim de que a nossa vontade irrompa em afetos piedosos e formule assim determinações práticas para uma...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos