CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Conteúdo exclusivo para alunos
Assistir à aula
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Direção Espiritual: a Jornada

O remédio contra as recaídas

A vontade é uma potência cega. Ela só quer o que a inteligência lhe propõe. Por que então temos dificuldade em querer as coisas do céu? Porque temos uma inteligência “vagabunda”, que só olha para as futilidades do mundo. Ora, se só aplicamos nossa inteligência ao que é lixo, ela não poderá querer nada além de lixo!

1418

Estamos num curso de direção espiritual; mais do que um curso, é uma oficina, uma tarefa prática para que você desenvolva a vida de devoção, sem a qual é impossível entrar no caminho de santidade. Afinal, todos os santos são devotos. Nem todo devoto é santo, é verdade, mas todos os santos são devotos. A devoção é a base da casa. Se você quer chegar à Lua, precisa desse foguete: a prontidão para fazer em tudo a vontade de Deus.

Pois bem, o que vimos até agora, em síntese? Vimos que, nos primeiros capítulos da Filotéia, São Francisco de Sales ensina o que é a vida devota, como ela é bela e universal, embora deva adaptar-se a cada estado de vida. Em seguida, ele fala da purificação da alma. Neste ponto, porém, tivemos de abrir um parêntese, a fim de suprir algumas lacunas, pois muita coisa mudou nesses 400 anos desde a morte de São Francisco. 

Vimos que, desde a Revolução Francesa, as pessoas já não entendem mais que têm uma alma imortal, e, desde a revolução protestante, não sabem que a graça santificante é uma modificação real na alma, e não um ato jurídico pelo qual Deus nos perdoa, embora continuemos essencialmente os mesmos. Foram, portanto, dois...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos