CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio
450

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João 
(Jo 16, 5-11)

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Agora, parto para aquele que me enviou, e nenhum de vós me pergunta: ‘Para onde vais?’ Mas, porque vos disse isto, a tristeza encheu os vossos corações. No entanto, eu vos digo a verdade: É bom para vós que eu parta; se eu não for, não virá até vós o Defensor; mas, se eu me for, eu vo-lo mandarei. E quando vier, ele demonstrará ao mundo em que consistem o pecado, a justiça e o julgamento: o pecado, porque não acreditaram em mim; a justiça, porque vou para o Pai, de modo que não mais me vereis; e o julgamento, porque o chefe deste mundo já está condenado”.

No Evangelho de hoje, Jesus continua falando sobre o Espírito Santo, o Paráclito, que significa aquele que é chamado para estar conosco.

Jesus deixa claro como o Espírito Santo age como Paráclito em nossas vidas ao dizer: “E quando vier, ele demonstrará ao mundo em que consistem o pecado, a justiça e o julgamento” (Jo 16, 8). Em palavras judiciais, seria como o advogado que vem e mostra o crime, que é o nosso pecado; a justiça, que é a santidade e a inocência de Deus; e o julgamento, ou seja, como julgar todas essas coisas.

Qual é o nosso crime? É rejeitar Jesus e não crer nele. Então, quando o Espírito Santo age em um coração verdadeiramente cristão, Ele concede a virtude da fé, que permite acreditar em Cristo. E certamente Ele se entristece ao ver que o mundo não crê; por isso age sobre os Apóstolos para que estes anunciem o Evangelho a todas as nações e, assim, as pessoas creiam.

E em que consiste a santidade, ou seja, a justiça? Em que consiste sermos santos como Jesus quer? Consiste em estarmos unidos a Deus. Jesus, ressuscitado, está junto de Deus, e nós também precisamos estar cada vez mais unidos a Cristo na fé e na caridade, de tal forma que sejamos uma só realidade com Ele. Essa união tão extraordinária é feita pelo Espírito Santo, o Divino Defensor, que está sempre conosco.

Pela fé dada pelo Espírito Santo, não iremos mais olhar para a Cruz de Cristo e ver apenas uma aparente derrota; mas, sim, o fracasso de Satanás e a vitória de Deus.

Portanto, se ainda não somos capazes de ver isso, peçamos ao Espírito Santo a graça de Ele nos mostrar que nas contrariedades, dificuldades e perseguições do dia a dia, já existe, erguido dentro de nós, um estandarte da vitória, que diz assim: “O chefe deste mundo já está condenado”.

O que achou desse conteúdo?

4
50
Mais recentes
Mais antigos
Texto do episódio
Comentários dos alunos