CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

Participe do nosso aniversário!

  • O aniversário é nosso, mas o presente é seu. Confira as ofertas:
  • Inscreva-se com 40% de desconto no plano anual;
  • Oportunidade de assinatura vitalícia. Um único pagamento para estudar conosco para sempre.
Assine agora
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Conteúdo exclusivo para alunos
Assistir à aula
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Engenharia da Santidade

Como progredir no caminho da santidade?

“O Reino dos céus é arrebatado à força”, diz o Evangelho, “e são os violentos que o conquistam”. Não existe outro caminho.

Por isso, quem deseja progredir na santidade não pode deixar de rezar nunca, “aconteça o que acontecer, sofra-se o que se sofrer, murmure quem murmurar, mesmo que não se tenham forças para prosseguir, mesmo que se morra no caminho ou não se suportem os padecimentos que nele há, ainda que o mundo venha abaixo”.

Esta pregação de nosso retiro trata justamente da necessidade da oração para o crescimento na vida espiritual. Retomando a linguagem de Santa Teresa d’Ávila, Padre Paulo Ricardo apresenta as três primeiras moradas da alma.

97

Antes de qualquer coisa, na vida espiritual, é preciso estar em estado de graça, situação que corresponde ao que Santa Teresa chama de Primeiras Moradas, onde as almas, embora disponham da assistência divina, ainda se veem embaraçadas pelos sentidos e paixões da vida pregressa, que as arrastam para novas e sucessivas quedas. Assim Santa Teresa as descreve: “Nas primeiras salas ainda se trata de pessoas absorvidas pelo mundo, engolfadas nos contentamentos, desvanecidas com as honras e pretensões mundanas” (Primeiras Moradas, 12). A alma nesse estado ainda não ama. Por isso, Santa Teresa recomenda-lhe tão vivamente a oração, tomando por “intercessores a bendita Mãe de Deus e todos os santos, para que venham lutar junto a si” (Primeiras Moradas, 12).

De fato, Deus deseja a nossa resposta de amor. A oração íntima, nesse sentido, é o meio de que dispomos para entrarmos em diálogo com Aquele que sabemos que nos ama. Oração é diálogo de amor e amizade. Com efeito, quem se mostra generoso nessa prática vai, aos poucos, adquirindo virtudes e desenvolvendo afetos semelhantes aos do Amado, até finalmente adentrar nas Segundas Moradas, ou seja, naquele estado em que “as pessoas já...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos