CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
PropagandaPropaganda

Confira a história em quadrinhos de Nossa Senhora de Fátima!

Conteúdo exclusivo para alunos
Assistir à aula
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Introdução ao Método Teológico

Conclusão da Parte Histórica

Não seria errado dizer que a parte histórica do nosso curso é uma espécie de "tema e variações" a respeito de um mesmo problema: as relações entre fé e razão. Ora, a fé é um dado inerente a todo cristão; a dificuldade aparece quando o fiel se põe a explicá-la. O fazer teologia articula-se em dois momentos principais, que serão estuados na parte sistemática deste curso.

07

40. Fé e razão. — Com as cinco aulas que compuseram esta breve introdução histórica esperamos ter mostrado que, em linhas gerais, o desenvolvimento do método teológico ao longo dos séculos teve como eixo principal o problema das relações entre razão e fé. Ora, isso não quer dizer, naturalmente, que esse problema se tenha apresentado às primeiras gerações cristãs, que não assistiram às grandes cisões da modernidade, nos mesmos termos em que se nos apresenta hoje; acrescidas, pois, às leituras conflitivas que pulularam na Idade Média, as antropologias iluministas, ao substituírem a noção genuinamente cristã de «pessoa» pelo primado da razão e, por conseguinte, da dignidade intrínseca à natureza humana, farão das tensões entre o dado da fé e a razão discursiva expressões sintomáticas de uma esquizofrenia latente. Como quer que seja, a fé não deixa de ser um dado inerente a todo fiel; ela é aquilo em que e por que todo cristão crê nas verdades que Deus nos quis revelar. As dificuldades surgem, pois, quando ele propõe-se explicá-la e expô-la, ou seja, no momento em que pretende fazer teologia.

41. Momentos da Teologia. — Ora, como teremos ocasião de estudar na nona aula...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos