CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto do episódio

Texto do episódio

imprimir

O Código de Direito Canônico, em seu cânon 1191, § 1º, diz que;

"...o voto, isto é, a promessa deliberada e livre de um bem possível e melhor, feita a Deus, deve ser cumprido em razão da virtude da religião."

Isso quer dizer que uma promessa feita é uma promessa cumprida seja qual for a circunstância? Não, porque existem algumas situações em que o cumprimento da promessa se torna muito difícil, quiçá, impossível. Para esses casos o mesmo CDC faculta a possibilidade de desobrigação do voto no Cânon 1195 e seguintes.

Porém, mais do que obrigar ou desobrigar alguém do cumprimento de uma promessa feita de livre vontade, é preciso analisar o que motivou a obrigação e também o que leva um fiel a desistir de cumprir sua palavra dada a Deus. No caso em tela, existia o desejo de total consagração a Deus. O chamado para o sacerdócio e para o celibato. Como um pai, Padre Paulo Ricardo ensina a esse jovem que pode ser desobrigado de sua promessa, porém, explica que o sentimento que o motivou a prometer é muito sublime e agradável a Deus, à Nossa Senhora.

Como decidir? Olhando para a eternidade, para a morte, apresentando-se diante de Deus com todos os talentos recebidos. Este é o melhor método para comprovar o erro ou o acerto das decisões. Desobrigar-se da promessa agradará a Deus? O que restará para apresentar diante Dele no instante último?

Material para Download
Texto do episódio
Material para download
Comentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

270episódios