45. A dignidade da mulher

Versão áudio

I. Introdução

Começamos agora uma série de aulas ao vivo dedicada à dignidade da mulher sob a ótica do cristianismo e, de modo mais específico, à luz dos ricos ensinamentos que o Bem-aventurado Papa João Paulo II nos legou a esse respeito. O guia deste nosso itinerário será a Carta Apostólica "Mulieris Dignitatem", de 15 de agosto de 1988, além de algumas catequeses sobre a Teologia do Corpo. Esta série será composta por cinco aulas: (1) no encontro de hoje, queremos ir à raiz do problema da desconstrução da identidade feminina e apontar como e em que sentido o feminismo acabou por tornar-se o grande inimigo das mulheres; (2) na segunda aula, abordaremos a feminilidade própria do ser mulher e o comportamento de Cristo diante das figuras femininas presentes no Evangelho; (3) na terceira, falaremos da vocação à maternidade e do conflito moderno entre carreira e responsabilidade maternal; (4) no quarto encontro, estudaremos o caráter dúplice e complementar da vocação feminina: de um lado, a maternidade e, de outro, a virgindade por amor do Reino; (5) por fim, trataremos da modéstia feminina.

II. «Ele te dominará»

A mulher, vocacionada ao matrimônio e à maternidade, é o elemento que dá liga e coesão à vida familiar. Por dedicar-se com maior cuidado e empenho às tarefas caseiras, a mãe constitui, por isso mesmo, a alma e o coração do lar; é ela quem confere à família como um todo suas feições peculiares e, por meio do carinho e desvelo com que se doa aos filhos e ao esposo, forja nos seus a beleza das virtudes domésticas, os conforta e prepara para os desafios fora de casa. Não é de espantar, pois, que a desconstrução da identidade feminina a que assistimos atônitos ao longo destas últimas décadas tenha acarretado uma como que corrosão da unidade familiar e, por conseguinte, da própria moralidade pública, afetando seja a base da sociedade civil, seja a Igreja como tal. O que temos visto nos nossos dias, com efeito, é que sob o pretexto de um igualitarismo radical, que quer prescindir da diversidade específica por que homem e mulher exprimem à sua maneira a riqueza do seu ser pessoa, o feminismo nos vem conduzindo a uma apropriação cada vez mais caricata dos trejeitos masculinos—e sobretudo dos vícios "típicos" do homem—, em detrimento da "originalidade" própria da mulher e dos recursos que apenas a sua feminilidade lhe pode fornecer. Já tivemos, aliás, a oportunidade de ver noutro encontro como esse fenômeno tem afetado inclusive a formação da identidade masculina.

Antes porém de abordarmos o problema, recuemos uns passos e refaçamos o caminho percorrido pelo Papa João Paulo II [1]. Deve-se ter presente, em primeiro lugar, que há um desequilíbrio, decorrente do pecado, entre os sexos e, portanto, uma perturbação naquilo que deveria ser o relacionamento entre eles segundo o projeto original de Deus. O Livro do Gênesis, ao narrar a queda de nossos Pais, assinala um fato não menos importante quanto significativo: "teus desejos te impelirão para o teu marido", dirige-se o Senhor à mulher, "e estarás sob o seu domínio" (Gn 3, 16). A descrição bíblica nos desvela aqui uma fissura profunda na comunhão de dois em "uma só carne" (cf. Gn 2, 24) que Adão e Eva foram chamados a realizar. Essa ruptura, que se expressa no domínio do homem sobre a mulher e, assim, no "desnível" que se formou entre eles, apresenta-se não só como um perigo constante para aquela a comunhão interpessoal, mas sobretudo como uma ameaça mais grave e mais delicada para a mulher, pois esta, devido à sua inclinação natural ao dom de si e à entrega ao outro—Eva foi formada de Adão e para Adão, como companheira e sócia (cf. Gn 2, 18-23)—sente mais vivamente os efeitos deste "domínio" proveniente do pecado. Tal "domínio", nesse sentido,

[...] indica perturbação e a perda da estabilidade e da igualdade fundamental, que na "unidade dos dois" possuem o homem e a mulher: e isto vem sobretudo em desfavor da mulher, porquanto somente a igualdade, resultante da dignidade de ambos como pessoas, pode dar às relações recíprocas o caráter de uma autêntica "communio personarum" (comunhão de pessoas) [2].

Mas se esta sujeição feminina é, por um lado, desfavorável à mulher, ela não deixa de ser, por outro, também uma forma de violação e, por assim dizer, diminuição da dignidade do homem, porque o varão, ao fazer da mulher um objeto de "domínio" e de "posse", age contra a sua própria dignidade de pessoa criada à imagem e semelhança de Deus; por isso, ele é chamado na sua peculiaridade de homem a corresponder ao "dom" que a mulher faz de si e, deste modo, converter sua tendência à dominação em serviço à esposa, a quem deve antes proteger que dominar e à qual, num esforço constante, deve entregar-se reciprocamente.

III. O «ingenium mulieris»

Nos últimos tempos, os movimentos feministas têm reagido à dominação que homem e mulher, "onerados pelas pecaminosidade hereditária" [3], carregam consigo ao longo da história, "por meio de uma reivindicação, por parte das mulheres, dos «privilégios» masculinos" [4].Ora, essa situação, que acabou por redimensionar os chamados "direitos da mulher" no contexto mais amplo dos direitos da pessoa humana, constitui, aponta o Papa João Paulo II, "um impasse do ponto de vista das exigências da verdadeira vocação da mulher" [5], porque "a justa oposição da mulher face àquilo que exprimem as palavras bíblicas: «ele te dominará» (Gen 3, 16) não pode sob pretexto algum conduzir à «masculinização» das mulheres. A mulher—em nome da libertação do «domínio» do homem—não pode tender à apropriação das características masculinas, contra a sua própria «originalidade» feminina" [6]; não pode, pois, renunciar à sua condição específica de mulher, enquanto algo bom e querido por Deus [7]. Seria, portanto, um contrassenso admitir que as mulheres, com o fito de libertar-se de um jugo quase sempre injusto, tenham de abdicar justamente daquilo que as faz mulher e as constitui, ao lado do homem, como ser único em toda a criação: "Trata-se de uma riqueza imensa" [8], escreve o Papa; trata-se, sim, de uma riqueza que configura o gênio (ingenium) próprio da mulher [9] e causa no homem aquela admiração e aquele encanto que a exclamação de Adão, atravessando "toda a história do homem sobre a terra" [10], exprime e revela.

O homem e a mulher, nesse sentido, não são nem superiores nem inferiores; são antes diferentes. Constituem, pois, duas formas distintas pelas quais a humanidade se enriquece, porque encontra nesta diversidade de dons que há entre o "ser homem" e o "ser mulher" aqueles elementos que manifestam, na sua riqueza inesgotável, as perfeições de um Deus que não é de modo algum à nossa imagem, mas que abarca todas as perfeições "de uma mãe e as de um pai e esposo." [11] Feitos "um para o outro", homem e mulher devem ser, conforme o modo peculiar por que cada um atua no mundo, uma "ajuda" para o outro; devem viver aquela comunhão de pessoas para qual foram criados e na qual cada um deles deve orientar-se para as necessidades do outro, "por serem ao mesmo tempo iguais enquanto pessoas ('ossos dos meus ossos...') e complementares enquanto masculino e feminino" [12]:

Os recursos pessoais da feminilidade certamente não são menores que os recursos da masculinidade, mas são diversos. A mulher, portanto—como, de resto, também o homem—, deve entender a sua "realização" como pessoa, a sua dignidade e vocação, em função destes recursos, segundo a riqueza da feminilidade, que ela recebeu no dia da criação e que herda como expressão, que lhe é peculiar, da "imagem e semelhança de Deus". Somente por este caminho pode ser superada também aquela herança do pecado que é sugerida nas palavras da Bíblia: "sentir-te-ás atraída para o teu marido, e ele te dominará". A superação desta má herança é, de geração em geração, dever de todo homem, seja homem, seja mulher. Efetivamente, em todos os casos em que o homem é responsável de quanto ofende a dignidade pessoal e a vocação da mulher, ele age contra a própria dignidade pessoal e a própria vocação [13].

Recomendação

Referências

  1. Cf. João Paulo II, Carta Apostólica "Mulieris Dignitatem" (MD), de 15 ago. 1988, n. 10 (AAS 80 [1988] 1674-1677).
  2. Id., ibid.
  3. Id., ibid.
  4. Yves Semen, A Sexualidade segundo João Paulo II. Trad. port. de Maria José Vilaça. Lisboa: Principia, 2006, p. 88.
  5. Id., ibid.
  6. MD, loc. cit.
  7. Cf. Catecismo da Igreja Católica (CIC), n. 369.
  8. MD, loc. cit.
  9. Cf. MD, nn. 30-31.
  10. Id., n. 10.
  11. CIC, 370.
  12. Cf. CIC, n; 372; cf. MD, n. 7.
  13. MD, n. 10.

Atenção: Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do site padrepauloricardo.org. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário que julgarmos inoportuno ou que não esteja de acordo com a política do site.

EpisódioTítuloDuraçãoData
171Moleque ignorante!39:22Abril 24, 2017
170A tríplice vitória de Cristo51:04Abril 17, 2017
169A Paixão de Cristo e a Compaixão da Virgem41:41Abril 03, 2017
168Será que eu tenho uma alma?01:07:17Março 26, 2017
167Qual é a missão de um pai?41:15Março 20, 2017
166O Abortoduto47:33Março 06, 2017
165Um novo Cavalo de Troia50:46Fevereiro 17, 2017
164Como lidar com o sofrimento?50:48Fevereiro 13, 2017
163A Igreja e os anticoncepcionais01:02:38Janeiro 16, 2017
162O aborto e a falácia dos números51:13Dezembro 19, 2016
161Ministro do Supremo admite: “Não devemos satisfação a ninguém”27:26Dezembro 12, 2016
160A “suprema” das injustiças43:51Dezembro 05, 2016
159O Ano da Virgem Maria48:22Novembro 27, 2016
158“Moda” não, mudança de vida!56:07Novembro 18, 2016
157Politizando a Bíblia59:42Novembro 11, 2016
156As deploráveis Terceiras Moradas50:59Novembro 04, 2016
155Aprenda a rezar o Terço01:10:30Outubro 28, 2016
154Diálogo com os namorados01:01:10Outubro 20, 2016
153A conversão de Santa Teresa d'Ávila57:40Outubro 16, 2016
152Santa Elisabete da Trindade01:02:19Outubro 10, 2016
151Projeto Terceira Morada58:54Outubro 03, 2016
150Direção espiritual às famílias58:15Setembro 09, 2016
149Como Ser Família53:24Agosto 26, 2016
148Maria e a nossa vida de oração47:10Agosto 21, 2016
147Aprenda a rezar rezando, com Padre Paulo Ricardo57:47Agosto 08, 2016
146A Oração, de Santo Afonso de Ligório01:06:06Agosto 01, 2016
145São Luís Martin54:19Julho 11, 2016
144Santa Zélia Martin58:13Julho 04, 2016
143A vida de São Luís Gonzaga58:31Junho 20, 2016
14210 Anos de Apostolado57:50Maio 16, 2016
141Senhor, ensina-nos a orar!49:01Abril 18, 2016
139Páscoa: misericórdia ou justiça?01:05:32Março 28, 2016
138Projeto Segunda Morada58:14Janeiro 03, 2016
137O Natal da Misericórdia52:10Dezembro 20, 2015
136A vida de São João da Cruz01:15:13Dezembro 13, 2015
135Beato Miguel Pro, sacerdote e mártir58:42Novembro 22, 2015
134A Medalha Milagrosa55:07Novembro 15, 2015
133A vida de nossas mulheres e crianças em nossas mãos!56:10Outubro 18, 2015
132Sínodo sobre as Famílias: o que podemos esperar?01:03:43Outubro 04, 2015
131Santa Teresinha: Doutora de Vida01:00:11Setembro 27, 2015
130A paixão do Padre Pio de Pietrelcina59:39Setembro 20, 2015
129Sínodo: o que os Bispos precisariam saber...01:08:41Setembro 13, 2015
128A vida de São Felipe Neri01:03:39Julho 19, 2015
127Redução da maioridade penal01:00:10Julho 12, 2015
126Crise econômica e vida espiritual55:04Julho 05, 2015
125Apostólico ou mundano?01:00:22Junho 28, 2015
124A ideologia de gênero e o Estado totalitário57:12Junho 21, 2015
123As Escrituras e a vida espiritual01:03:20Junho 07, 2015
122A Ideologia de Gênero nos Planos Municipais de Educação01:02:25Maio 31, 2015
12150 anos do Concílio Vaticano II: vocação universal à santidade01:01:05Maio 26, 2015
120Ano Santo da Misericórdia01:02:10Maio 20, 2015
119O líder cristão01:08:41Maio 07, 2015
118Padres podem caçar?48:06Abril 14, 2015
117A vida de Santa Teresa d'Ávila01:09:57Março 31, 2015
116O glorioso São José01:11:20Março 18, 2015
115O Reino dos Céus é dos violentos!01:00:47Março 16, 2015
114Família: escola de santidade59:24Março 04, 2015
113A vida consagrada01:11:04Fevereiro 09, 2015
112Igreja paralela? Seita?48:44Janeiro 09, 2015
111Conversa com os alunos sobre as doenças espirituais01:06:28Dezembro 16, 2014
110O Fim está próximo?01:01:53Dezembro 05, 2014
109Música Litúrgica01:08:28Novembro 27, 2014
108E o capitalismo?58:15Novembro 19, 2014
107Guerra cultural: como vencer o projeto marxista de poder52:03Novembro 11, 2014
106O papel da Igreja no mundo político55:18Novembro 05, 2014
105Mais 4 anos de PT...52:43Outubro 29, 2014
104Igreja em crise?01:03:06Outubro 16, 2014
103Sínodo sobre a Família01:00:07Outubro 09, 2014
102Na presença dos anjos!52:31Outubro 02, 2014
101Por que não sou protestante?01:15:33Setembro 30, 2014
100Conversa com os alunos01:06:38Setembro 18, 2014
99A oração da “Ave Maria”58:25Setembro 11, 2014
98As Sagradas Escrituras e a nossa vida espiritual01:05:24Setembro 07, 2014
97Conversa com os alunos01:01:33Setembro 03, 2014
96Ordenar homens casados: solução ou problema?01:07:07Agosto 12, 2014
95O santo sacerdócio de João Maria Vianney 01:02:34Agosto 12, 2014
94Terapia das Doenças Espirituais01:07:29Agosto 02, 2014
93A vida extraordinária de São Charbel Makhluf01:03:04Julho 22, 2014
92Idolatria e sexo desordenado01:17:02Julho 15, 2014
91A Espiritualidade Carmelitana e a Virgem Maria59:03Julho 08, 2014
90Papista!01:04:35Julho 06, 2014
89Herodes e Pilatos ficaram amigos!53:46Junho 17, 2014
88Sou católico e estou na universidade! E agora? 01:04:17Junho 16, 2014
87A Docilidade ao Espírito Santo45:02Junho 09, 2014
86A Mãe do Salvador e a Nossa Vida Interior01:08:17Maio 08, 2014
85A Divina Misericórdia50:57Abril 28, 2014
84São José de Anchieta53:07Abril 09, 2014
83O drama dos casais em segunda união01:01:23Abril 03, 2014
82A respeito da recepção da Comunhão Eucarística por fiéis divorciados novamente casados01:02:11Março 26, 2014
81O Espiritismo é cristão?59:37Março 16, 2014
80A Penitência Quaresmal58:57Fevereiro 27, 2014
79Oração: a porta da santidade52:32Fevereiro 19, 2014
78A impressionante história de Nossa Senhora de Lourdes56:41Fevereiro 17, 2014
77Madre Mariana, amiga e confidente de Nossa Senhora do Bom Sucesso59:15Fevereiro 10, 2014
76Dom Bosco e as três alvuras da fé católica 53:07Janeiro 26, 2014
75Educação sexual das crianças e adolescentes57:16Janeiro 20, 2014
74A história de uma alma56:09Janeiro 13, 2014
73A defesa da família no Congresso Nacional 50:43Dezembro 16, 2013
72Dies Iræ: uma meditação sobre o fim dos tempos59:11Dezembro 02, 2013
71PLC 122: o projeto de destruição da família54:53Novembro 21, 2013
70Maria e o Vaticano II55:18Novembro 13, 2013
69A última Confissão54:52Novembro 07, 2013
68A Resposta Católica53:02Outubro 31, 2013
67As finalidades e os efeitos da Santa Missa 01:02:51Outubro 24, 2013
66Sexo ou gênero?53:41Outubro 06, 2013
65O Senhor dos Anéis01:06:04Setembro 25, 2013
64O novo Código Penal e as ameaças à vida e à família49:47Setembro 17, 2013
63O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota57:24Setembro 11, 2013
62Satanás e os seus demônios55:23Setembro 04, 2013
61O Missal de Paulo VI e a hermenêutica da continuidade 41:39Agosto 27, 2013
60O missal de Paulo VI e a reforma da reforma litúrgica de Bento XVI01:11:15Agosto 22, 2013
59A Quaresma de São Miguel e o auxílio dos anjos40:36Agosto 14, 2013
58Fora da Igreja existe salvação?56:48Agosto 06, 2013
57A Jornada Mundial da Juventude e as palavras de Francisco42:38Julho 30, 2013
56Papa Francisco no Brasil e a Jornada Mundial da Juventude57:29Julho 24, 2013
55Os perigos do veto parcial do PLC 03/2013 39:27Julho 18, 2013
54O perigo das falsas conversões30:51Julho 01, 2013
53O quadro político do Brasil59:31Julho 01, 2013
52As manifestações no Brasil55:54Junho 19, 2013
5145 anos da Humanae Vitae55:15Maio 30, 2013
50Modéstia: Como as mulheres devem se portar (II)18:43Maio 20, 2013
49Modéstia: Como as mulheres devem se portar (I)37:16Maio 20, 2013
48Virgindade e Espiritualidade34:04Maio 08, 2013
47Maternidade50:44Abril 24, 2013
46Feminilidade: o que está acontecendo com as mulheres?58:21Abril 16, 2013
45A dignidade da mulher58:39Abril 10, 2013
44A Santíssima Eucaristia59:14Abril 01, 2013
43Preparação para Páscoa "Victimae Paschali Laudes"55:37Março 26, 2013
42Papa Francisco e a Liturgia de Bento XVI (II)30:54Março 20, 2013
41Papa Francisco e a liturgia de Bento XVI (I)39:33Março 19, 2013
40O Conclave54:04Março 13, 2013
39Como ainda crer na santidade da Igreja?58:30Março 05, 2013
38Os últimos dias de Bento XVI 01:01:32Fevereiro 28, 2013
37A renúncia do Santo Padre e próximo conclave51:42Fevereiro 19, 2013
36A Infância de Jesus28:30Dezembro 18, 2012
35O ódio ao feminino49:15Novembro 27, 2012
34Masculinidade: o que está acontecendo com os homens de Deus?58:01Novembro 20, 2012
33Masculinidade: o que está acontecendo com os homens?59:44Novembro 13, 2012
32Doenças espirituais: o que são e como combatê-las52:58Novembro 06, 2012
31O Ano da Fé59:18Outubro 24, 2012
30Os Mártires de Hoje47:44Outubro 08, 2012
29Estudo do documento "Nova Estratégia Mundial do Aborto" (VI)38:59Outubro 01, 2012
28Estudo do documento "Nova Estratégia Mundial do Aborto" (V)46:55Setembro 24, 2012
27Estudo do documento "Nova Estratégia Mundial do Aborto" (IV)43:23Setembro 17, 2012
26Estudo do documento "Nova Estratégia Mundial do Aborto" (III)55:59Setembro 10, 2012
25Estudo do documento "Nova Estratégia Mundial do Aborto" (II)01:01:07Setembro 03, 2012
24A Nova Estratégia Mundial do Aborto (I)48:14Agosto 27, 2012
23Nova Ordem Mundial: a maior ameaça ao Cristianismo57:51Agosto 20, 2012
22Nova Ordem Mundial26:19Agosto 13, 2012
21Lançamento do DVD "Antropologia e Escatologia"58:11Agosto 05, 2012
20São Felipe Neri: "Prefiro o paraíso"41:07Julho 30, 2012
19A vida em risco49:09Julho 16, 2012
18Dom Eugênio Sales, uma escola de fidelidade47:56Julho 09, 2012
17O preço da fidelidade40:47Julho 02, 2012
16A presença de São Pedro em Roma36:10Junho 25, 2012
15O Gnosticismo em nosso meio01:03:27Junho 18, 2012
14Exame de consciência: 20 anos de sacerdócio49:47Junho 11, 2012
13Crise na Igreja01:08:16Junho 04, 2012
12Marxismo Cultural e o Comunismo01:13:28Fevereiro 07, 2012
11Ó admirável intercâmbio!26:03Dezembro 22, 2011
10Ó Emanuel!01:22:52Dezembro 16, 2011
9PL122 - A lei da mordaça gay01:20:04Dezembro 05, 2011
8Teologia e espiritualidade do Advento e do Natal38:50Novembro 28, 2011
7Conversão e a luta contra o pecado01:01:15Novembro 24, 2011
6Presença real de Jesus na Eucaristia01:06:48Novembro 17, 2011
5O Inferno01:07:31Novembro 10, 2011
4E agora, para onde vamos?01:06:20Novembro 02, 2011
3A vida de São Pio de Pietrelcina01:05:55Setembro 20, 2011
2O protestantismo01:05:55Setembro 12, 2011