CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
PropagandaPropaganda

Conheça os sacramentos da Igreja com o Padre Paulo Ricardo

Conteúdo gratuito
Assistir à aula
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Consagração Total a Nossa Senhora

Como ser mais devoto?

A devoção, ao contrário do que às vezes se pensa, não é uma realidade “estática”, paralisada em algumas tantas práticas exteriores e mecânicas. Trata-se, antes, de uma força dinâmica, nascida de um ato de vontade que, se bem alimentado, pode tornar-se cada vez mais pronto, intenso e eficaz.

Com isto em mente, Padre Paulo Ricardo nos ensina como podemos crescer na devoção e, deste modo, viver cada dia melhor a nossa consagração total à Santíssima Virgem Maria.

741

A devoção, como vimos na aula passada, não se confunde com sentimento, uma vez que sua nota essencial é a prontidão da vontade com que nos entregamos ao serviço de Deus. A devoção se funda, por conseguinte, em uma disposição permanente, que costuma receber o nome técnico de hábito. Ora, é o hábito que nos permite produzir, aqui e agora, tal como as circunstâncias concretas o exigem, aquele ato de vontade sem o qual se torna impossível não só cumprir o dever, mas ir além do dever e agir por amor e generosidade. Mas se a devoção pode ser caracterizada em termos de uma disposição habitual permanente e estável, em virtude da qual nos tornamos dispostos a servir a Deus, de que modo ela pode crescer e desenvolver-se?

Antes de mais nada, precisamos estar atentos ao fato de que, como assinala Santo Tomás de Aquino [1], a causa extrínseca e principal da devoção não pode ser senão o próprio Deus. É ele, com efeito, que dá a quem quer a graça de ser devoto, de tal maneira que, se assim tivesse querido, poderia ter suscitado os mais religiosos espíritos dentre os mais indiferentes samaritanos. À semelhança, porém, de todo e qualquer hábito, a devoção pode e deve crescer em nossas...

Conteúdo gratuito, inscreva-se e assista!
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos