CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
PropagandaPropaganda

Conheça os sacramentos da Igreja com o Padre Paulo Ricardo

Conteúdo gratuito
Assistir à aula
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Consagração Total a Nossa Senhora

Os falsos devotos de Nossa Senhora

Assim como a verdade é única, em oposição a uma multiplicidade de erros, assim também a verdadeira devoção a Maria conta com uma série de falsificações e contrafações.

Nesta oitava aula do curso sobre a Consagração Total a Nossa Senhora, Padre Paulo Ricardo nos explica detalhadamente os sete tipos de falsos devotos que São Luís Maria Grignion de Montfort identifica em seu pequeno Tratado da Verdadeira Devoção. Façamos juntos este exame de consciência e vejamos se podemos mesmo ser contados no número dos verdadeiros devotos de nossa Mãe Santíssima.

428

Agora que sabemos em que consiste a verdadeira devoção à Virgem Santíssima, estamos em condições de discernir, à luz dos princípios vistos ao longo das últimas aulas, quem não é um verdadeiro devoto. Tomaremos como ponto de apoio a pequena tipologia das chamadas falsas devoções estabelecida por São Luís Maria Grignion de Montfort no seu precioso Tratado. São sete, com efeito, as classes de falsos devotos que podemos encontrar. Vejamos, de forma bastante resumida, as notas características de cada um deles:

1.º) Os devotos críticos. — Trata-se daqueles que, no fundo, não têm fé. E isto quanto a dois extremos: ou por não crerem em nada ou por crerem em tudo, até no que não deviam. No primeiro caso, o devoto crítico olha com excessiva desconfiança para o que quer que diga respeito a aparições, milagres, sinais claros da ação de Deus em nossas vidas etc.; são fiéis que, de tanto pôr em dúvida os milagres e as histórias narradas em crônicas de ordens religiosas [1], podem chegar ao ponto de negar o poder e os privilégios com que o Senhor enriquece a própria Mãe. Torcem o nariz, como se soubessem mais do que a Igreja, aos mistérios da Imaculada Conceição, da Assunção ao Céu,...

Conteúdo gratuito, inscreva-se e assista!
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos