CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Fechar

Em tempos de guerra, é princípio básico que, para sair vencedor, não basta manejar bem as armas; é preciso conhecer e prever os passos do adversário. O mesmo se aplica ao campo de batalha do espírito humano. Além de conhecermos os caminhos para abandonar o pecado, progredir na vida espiritual e aumentar nosso amor a  Deus, é fundamental também que saibamos como o inimigo age para que nada disso aconteça. Não pensemos que ele atua de qualquer maneira, como um vilão atrapalhado… Não! Satanás é astuto, e junto com seus sequazes possui formas bastante eficazes de nos levar à perdição.

À primeira vista, o Catecismo, ou mesmo um tratado de demonologia, seria a fonte mais segura para se descobrirem as estratégias do inferno. Mas não quisemos repetir o que já temos dito em outros cursos. Este, mais do que expor a doutrina em forma de sistema, quer levar você a comprová-la na prática, identificando no seu próprio dia a dia como o ensinamento católico sobre a tentação demoníaca é não só verdadeiro, mas sumamente atual.

E como ainda é tempo de férias e descanso, decidimos aliar o estudo à imaginação, e a meditação ao divertimento, com o auxílio da obra “Cartas de um Diabo a seu Aprendiz”, de C. S. Lewis, que, mesmo sendo uma obra literária, retrata com magistral senso de realidade o modo como os demônios agem para conduzir uma alma ao inferno.

24:33A importância da literatura
01. A importância da literatura
Contando histórias, damos à criança a oportunidade de usar a fantasia para elaborar as cenas narradas, mas também de captar por entre aquelas imagens um sentido mais profundo, transcendente à própr...
22:23A primeira regra do diabo
02. A primeira regra do diabo
A maior ingenuidade que um demônio pode ter é a pretensão de condenar alguém por meio da lógica e da argumentação. O diabo é o pai da mentira, e os que o seguem não podem lutar com as armas da verd...
26:36As tentações de um recém-convertido
03. As tentações de um recém-convertido
Como em tudo na vida, também os primeiros passos de um recém-convertido têm os seus perigos. E o diabo, que não deixa passar nenhuma oportunidade, fará de tudo para que estes passos sejam os últimos.
23:40Uma religião de faz-de-conta
04. Uma religião de faz-de-conta
Temos um lado cego da personalidade, defeitos e problemas que todos enxergam, menos nós. Passamos horas a fio nos autoexaminando, mas não trabalhamos o que realmente temos de trabalhar, as falhas m...
26:31O papel da imaginação na oração
05. O papel da imaginação na oração
Não é possível a um ser humano pensar sem imagens. Deus mesmo se fez carne para nos dar realidades concretas em que pensar. Por isso, também na oração é preciso usar a imaginação, o que não signifi...
26:36Desgraças que salvam
06. Desgraças que salvam
A guerra lembra às pessoas uma coisa que os demônios querem a todo custo varrer-lhes da memória: que, cedo ou tarde, todos vamos morrer. Memento mori, lembra-te que vais morrer!
26:47O remédio da ansiedade
07. O remédio da ansiedade
Uma das principais táticas do demônio é sufocar a imaginação do homem com as cruzes do amanhã, muitas delas irreais e impossíveis, para desmotivá-lo de carregar a cruz de hoje, que é a única real e...
26:26O feiticeiro materialista
08. O feiticeiro materialista
O materialista não é necessariamente alguém que nega por princípio a existência de realidades além da matéria, mas alguém que atribui à matéria tanta importância, que a ela tudo subordina, a ponto ...
26:22A Lei da Ondulação
09. A Lei da Ondulação
Por sua própria natureza, composta de corpo e alma, o homem não pode dedicar-se incessantemente à vida do espírito. Seus altos e baixos, com picos de emoção e vales de desânimo, são parte da experi...
26:52Como tentar um deprimido?
10. Como tentar um deprimido?
O inimigo sabe explorar muito bem as fraquezas a que o homem está mais exposto durante os períodos de baixa e de aridez espiritual. Afinal de contas, que melhor ocasião do que a tristeza para incit...
26:21“Amigos” que levam para o inferno
11. “Amigos” que levam para o inferno
O cristão não é homem “de noitada”, mas isso não por puritanismo ou por achar-se melhor que os outros, mas por saber-se fraco o suficiente para não resistir às tentações em que muitos vivem habitua...
25:32Ai dos espíritos mornos!
12. Ai dos espíritos mornos!
Há um caminho para o inferno mais longo e suave, mas não menos certeiro que o das tentações avassaladoras e dos crimes abomináveis. É o caminho da tibieza, trilhado a passo pesado mas constante por...
26:54Sensualidade, Amor e Castidade
13. Sensualidade, Amor e Castidade
A porta de entrada para os pecados contra a castidade é a sensualidade, que pode ser fomentada até mesmo quando nos alimentamos… O demônio se dedica a esse tipo de tentação com grande convicção, po...
30:40A religião como instrumento de perdição
14. A religião como instrumento de perdição
O diabo, astuto e mentiroso, só trabalha com moeda falsa. Quando não consegue perder-nos pelo pecado, perde-nos pela própria religião, pervertendo o que temos de mais santo. Não à toa, entre nós há...
Referências bibliográficas

I. C. S. Lewis, Cartas de um diabo ao seu aprendiz. Trad. port. de G. Greggersen. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2017.
II.____,  Alegoria do amor: um estudo da tradição medieval. Trad. port. de G. Greggersen. São Paulo: É Realizações, 2012.
III. ____, Cartas a Malcolm. Trad. port. de F. NunesRio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2019.
IV. ____, Cristianismo puro e simples. Trad. port. de G. Greggersen. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2017.
V. ____, Deus no banco dos réus. Trad. port. de G. Niedhardt. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2018.
VI. ____, Lendo os Salmos. Trad. port. de J. Camargo. Viçosa: Ultimato, 2015.
VII. ____, Surpreendido pela alegria. Trad. port. de E. Pereira e Ferreira. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2021.
VIII.
____, O peso da glória. Trad. port. de E. Kirschner. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2017.
IX. ____, O problema da dor. Trad. port. de F. Nunes. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2019.
X. ____, Os quatro amores. Trad. port. de E. Kirschner. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2017.
XI. ____, Perelandra. Trad. port. de C. Caldas. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2019.
XII. ____, Um experimento em crítica literária. Trad. port. de C. Caldas. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2019.

Passaporte de acesso

A assinatura inclui

  • Acesso ilimitado aos 44 cursos da plataforma
  • Participação das aulas ao vivo exclusivas
  • Garantia de acesso aos lançamentos de novos cursos
  • Bibliografia
  • Download das aulas (.mp3)
  • Suporte personalizado
Assine Agora
Aulas do curso
Referências bibliográficas