CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
PropagandaPropaganda

Confira a história em quadrinhos de Nossa Senhora de Fátima!

Conteúdo exclusivo para alunos
Assistir à aula
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Anjos e Demônios

A natureza angélica

Os anjos são substâncias puramente espirituais, portanto incorruptíveis; não ocupam lugar no espaço ao modo dos corpos, embora possam atuar sobre a matéria, inclusive para aparecer aos homens por ordem ou permissão de Deus. Nesta aula, estudamos o modo de operação dos anjos à luz de sua natureza espiritual.

816

Vimos ser dogma de fé que os anjos existem e foram criados por Deus do nada (ex nihilo). Em seguida, assinalamos algumas características que a Sagrada Escritura atribui a eles, como ser ministros de Deus e criaturas superiores aos homens, embora possam ser enviados à terra para exercer algum ministério.

Já na terceira aula demos uma definição de “anjo”, da qual queremos agora extrair algumas conclusões. Antes disso, lembremos qual é a natureza dos anjos, isto é, aquilo que os caracteriza essencialmente, distinguindo-os das outras coisas. Pois bem, os anjos são substâncias meramente espirituais (ou puros espíritos), não unidas naturalmente a nenhum corpo nem ordenadas — como é o caso da alma humana — a informar qualquer matéria.

Não existe a esse respeito nenhuma definição magisterial expressa e direta. Além disso, alguns Santos Padres, para explicar como os anjos podem aparecer aos homens, lhes atribuíram certo “corpo sutil” ou “etéreo” — doutrina hoje rejeitada —, enquanto outros permaneceram em dúvida quanto à incorporeidade deles. Por isso, dizem alguns autores que a pura espiritualidade dos anjos não constitui um dogma de fé.

No entanto, uma vez que o...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos